Avenida Paulista ganha floresta viva

Em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, uma instalação no Conjunto Nacional vai convidar a população a experimentar a natureza

Nesta quarta-feira, 5, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, a Avenida Paulista vai ganhar uma floresta. Isso porque o Conjunto Nacional vai receber a instalação “Natureza Viva”, uma floresta tridimensional e interativa com árvores, vegetação, parasitas, cipós e pedras.

O artista responsável pela obra, Silvio Galvão, é o autor não só das instalações comemorativas do Conjunto Nacional, mas também do famoso cenário do programa “Castelo Rá-Tim-Bum”, da TV Cultura.

A intenção é que o público interaja com a obra e aprecie os sons e as luzes criadas especialmente para a instalação. A experiência começa já na entrada, quando o público é convidado a tirar os sapatos. Ao abraçar uma árvore, por exemplo, a pessoa tem como resposta o canto dos pássaros. O mesmo acontece quando alguém se senta nos troncos, ouvindo cachoeiras e água corrente.

A instalação é obra do artista e cenógrafo Silvio Galvão e pretende levar ao público a energia, a beleza e o encanto da natureza, riquezas que pouco são percebidas (ou conhecidas) pelos moradores das grandes metrópoles. O cenógrafo é conhecido por usar materiais reciclados em seus trabalhos e se destacou pela construção dos cenários do programa “Castelo Rá-Tim-Bum”, da TV Cultura.

A iniciativa é do Conjunto Nacional, com apoio do Núcleo de Economia Criativa da Associação Paulista Viva (NEC/APV). A exposição vai até 20 de outubro.