As melhores soluções sustentáveis
As melhores soluções sustentáveis
As melhores soluções sustentáveis
As melhores soluções sustentáveis

As melhores soluções sustentáveis

Folha de bananeira substitui embrulhos plásticos de supermercado

Estabelecimento da Tailândia adotou material resistente, flexível e orgânico para embalar produtos como forma de livrar o ambiente do acúmulo de lixo

Está na hora de dar uma banana para o acúmulo de lixo plástico na natureza. Pois é bem isso o que fez um supermercado da Tailândia. Ele trocou as embalagens plásticas que envolviam seus produtos por folhas de bananeira.

Além de orgânico e sustentável, o material é resistente. Assim, nada de lixo plástico sendo gerado a partir das compras dos alimentos.

Aliás, um laço de fibra natural é usado para fechar a embalagem. Isso é que é firmeza no cuidado com o ambiente.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis.

As folhas de bananeira são flexíveis e suportam bem variações de temperatura. Logo, são boas também para os itens refrigerados.

O estabelecimento plantou sua bandeira, ou melhor, bananeira contra o lixo plástico no ambiente
Crédito: Reprodução/Facebook/@perfecthomeO estabelecimento plantou sua bandeira, ou melhor, bananeira contra o lixo plástico no ambiente

E constituem uma barreira contra a umidade, uma vez que sua superfície não absorve água.

Tornam-se ainda ótimo material para compostagem, fornecendo nutrientes para o solo.

Tantas vantagens levaram o Rimping Supermarket, que fica em Chiang Mai, na Tailândia, a adotar as folhas de bananeira como embalagens para as mercadorias. E a dar uma banana para o lixo plástico que polui o ambiente.

Uma boa sacada contra o pepino do acúmulo de plástico na natureza
Crédito: Reprodução/Facebook/@perfecthomesUma boa sacada contra o pepino do acúmulo de plástico na natureza

Leia também: App combate ao desperdício de alimentos em casa

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, presidente da GranBio e especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe:

Tags: #Comida #Mundo