As melhores soluções sustentáveis
As melhores soluções sustentáveis
As melhores soluções sustentáveis
As melhores soluções sustentáveis

As melhores soluções sustentáveis

Gaúchas criam roupas com restos de pneus e guarda-chuvas

O que fazer com restos de pneus e guarda-chuvas? As gaúchas Adriana Tubino e Itiana Pasetti, da Revoada, descobriram que eles podem ser substitutos sustentáveis para o couro e o nylon na produção de roupas e acessórios.

Após testes internos, a confecção passou a utilizar como matéria-prima tanto as câmaras de ar dos pneus para caminhão como o nylon dos guarda-chuvas descartados no lixo.

Para isso, ela firmou parcerias com borracharias e visita periodicamente unidades de triagem de resíduo seco, onde guarda-chuvas com engrenagem quebrada, geralmente, são encaminhados.

Pneus velhos são coletados de borracharias pela equipe da confecção

Após todo material ser recolhido e separado, a borracha e o nylon seguem para uma empresa de lavagem industrial, que utiliza água da chuva para evitar o desperdício.

No processo final, pequenos ateliês de costura e cooperativas de costureiras se encarregam da fabricação das peças.

Segundo a empresa, quanto mais bonito o desenho ou a cor do tecido de nylon, mais rápido o produto reciclado é vendido. Ou seja, belas estampas são as mais buscadas.

Clique aqui e conheça o projeto As Melhores Soluções Sustentáveis

Parceiros da Revoada no processo de triagem da matéria-prima: restos de pneus e guarda-chuvas

A Revoada calcula já ter aproveitado oito toneladas de câmaras de pneus e 10 mil unidades de guarda-chuvas, totalizando 27 mil produtos fabricados e vendidos em quatro anos.

E não é só isso. Como o negócio tem caráter social, a venda dos produtos beneficia aproximadamente 350 famílias de borracheiros, catadores de lixo e costureiras.

E a orientação para os clientes é direta: devolver o produto à empresa no final de sua vida útil, para que o material tenha a destinação correta no meio ambiente: será moído para virar asfalto.

As peças produzidas pela Revoada são vendidas no comércio e também podem ser personalizados com a marca de uma empresa.  Os catálogos estão no site.

Curadoria: engenheiro Bernardo Gradin, especialista em soluções sustentáveis.

Compartilhe: