Aprenda como fazer currículo lattes e alavancar sua carreira

O currículo lattes é a principal ferramenta onde estudantes, pesquisadores, professores e cientistas brasileiros registram sua produção intelectual.

Por: Redação

Para buscar um emprego seu currículo é uma ferramenta essencial. Agora se você tem o intuito de seguir uma carreira acadêmica é importante que você saiba como fazer um currículo lattes. Para participar de um processo seletivo de uma bolsa de estudos ou programa de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), principalmente nas universidades públicas, não basta ter um belíssimo currículo, você precisa de um currículo lattes.

O currículo lattes deve conter toda a construção do seu conhecimento, dando visibilidade à sua produção intelectual e acadêmica. Segundo a Plataforma Lattes: “Professores, pesquisadores e alunos encontram na Plataforma Lattes uma forma de manterem seus currículos atualizados e organizados e principalmente, dentro de um padrão nacional”. 

Elaborada e mantida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), responsável pelo desenvolvimento da ciência no País, a Plataforma Lattes disponibiliza online e gratuitamente ao público as informações. Quer dizer, seu currículo lattes fica disponível para consulta de todos. Antes de falarmos com mais detalhes o que é, e como fazer o currículo lattes, assista ao vídeo e entenda o que é o CNPq:

O que é o Currículo Lattes?

Criado em 1999, hoje o currículo lattes é a principal ferramenta onde estudantes, pesquisadores, professores e cientistas brasileiros registram sua carreira e produção intelectual. Online e gratuito, ele pode sim, alavancar sua carreira, principalmente na área acadêmica.

O nome “currículo lattes” é uma homenagem a Césare Mansueto Giulio Lattes. O físico curitibano foi um dos maiores cientistas e pesquisadores brasileiros. Ele contribuiu muito para o desenvolvimento da física e também para criação do CNPq.

A Plataforma Lattes define: “O currículo lattes se tornou um padrão nacional no registro da vida pregressa e atual dos estudantes e pesquisadores do país, e é hoje adotado pela maioria das instituições de fomento, universidades e institutos de pesquisa do País”.

Quer dizer, se você pensa em sair da universidade e seguir uma carreira acadêmica de sucesso, tendo inclusive um aporte financeiro para o seu projeto, é fundamental fazer seu currículo lattes para ontem.

Qual a diferença entre o currículo lattes e um curriculum vitae?

como fazer currículo lattes
Crédito: IStockO Currículo Lattes é mais detalhado e extenso que o currículo

O currículo, também conhecido como curriculum vitae em latim, tem o significado de “trajetória de vida”. O que não significa que você vá escrever um extenso livro da sua história, pelo contrário. Sem um formato padronizado, nele você descreve de forma resumida suas qualificações, formação acadêmia e experiências profissionais. Ele é muito usado como se fosse um “cartão de visitas”. Quer dizer, quando você fica sabendo de uma oportunidade envia seu currículo que pode ser online ou até mesmo impresso.

Já o currículo lattes é mais extenso e abrangente. Nele você pode e deve mencionar de forma detalhada, toda sua produção intelectual associada à sua área de atuação, como por exemplo a participação em eventos e projetos, produção de artigos, entre outros. Além disso, ele segue o formato padrão da Plataforma Lattes. Quer dizer, tanto o do estudante que acabou de entrar na universidade quanto o do renomado cientista brasileiro terão o formato padronizado. 100% online este currículo fica disponível para todos, facilitando assim que outros profissionais e instituições, encontrem você.

Como fazer currículo lattes?

Como fazer currículo lattes
Crédito: IStockPara quem tem o intuito de fazer uma pós-graduação, principalmente numa universidade pública é fundamental fazer um currículo lattes

Qualquer pessoa pode criar seu currículo lattes na Plataforma Lattes. O site é bastante intuitivo e o cadastro é simples de fazer. Confira o passo a passo:

1º passo: Acesse a Plataforma Lattes.

2º passo: Do lado direito clique em “Cadastrar novo currículo“.

3º passo: Em “Cadastrar-se no Currículo Lattes” você vai preencher os campos: “País de Nacionalidade”, “E-mail”, “Senha”. Coloque os caracteres pedidos e clique em “Próxima”.

4º passo: Na próxima página de “Informação Pessoal” você vai inserir seu nome completo, data e país de nascimento, sexo, cor ou raça, documentos como RG, CPF e passaporte. Além de nome do pai e da mãe. Para completar uma foto.

5º passo: No campo “Endereço e contato” você tem a opção Residencial e Profissional, onde deve preencher: “Instituição”, “País”, “CEP”, “Endereço”, “Bairro”, “Cidade”, “Estado”, “Telefone” e “Celular”.

6º passo: Em “Formação Acadêmica” você escolhe entre Formação acadêmica concluída ou em andamento que conta com as opções:

Ensino Fundamental (1º grau)
Ensino Médio (2º grau)
Graduação
Mestrado
Doutorado

Em seguida, preencha com o nome da Instituição e insere o ano de início e conclusão.

7º passo: No campo “Atuação profissional” você precisa responder somente “Sim” ou “Não” para a pergunta: “Alguma atuação profissional no momento?”. Se a resposta for “Sim” abrirá um campo para você inserir a “Instituição”, “País, “Tipo de vínculo”, “cargo” e “Ao de início”.

8º passo: Insira sobre sua “Área de atuação” e habilidades linguísticas dos idiomas. Se nesse momento você deixou de preencher algum campo ele vai te informar. Aí você precisa ir voltando e inserindo os dados. Se estiver tudo certo, as informações que você inseriu vão aparecer agrupadas com sua foto no topo. Com isso, você aceita os termos de uso e precisa apenas clicar em “Enviar ao CNPq”.

Assista ao vídeo do RP Canal e visualize como fazer isso:

Que informações devo inserir?

É fundamental que todas as informações sejam verídicas e atualizadas. Quer dizer se você não tem domínio do inglês, não coloque que é fluente só para dar uma valorizada. Coloque seu nível real do idioma e se com o tempo você for se aprimorando, vá atualizando.

Além do seu nome completo e outros dados pessoais, instituições em que você teve sua formação acadêmica, no currículo lattes você pode inserir também participação em eventos pertinentes à sua área, orientações, bancas, projetos de pesquisa, artigos científicos, cursos de extensão, capítulos de livros publicados, se você fez alguma assessoria ou consultoria, apresentação de trabalho, entre outras experiências acadêmicas que vão agregar valor ao seu currículo lattes.

Dependendo da sua área de atuação se você já fez atendimento comunitário, vale colocar também. Se você participou de alguma rede social, deu alguma entrevista sobre seu projeto ou tema de pesquisa, também pode colocar. É bem interessante para divulgação do seu trabalho.

Vale dizer que você só deve inserir no seu currículo lattes estas informações se você puder comprová-las com um certificado ou uma declaração do professor ou da instituição.

Quando fazer meu currículo lattes?

Já! Sério. Se você tem em mente que quer fazer uma pós-graduação, o que não pode faltar é um currículo lattes. Não importa se você acabou de ingressar na faculdade, ou ainda fez um mestrado 10 anos atrás e agora quer começar um doutorado. Isto porque? Você vai construir seu currículo lattes aos poucos.

Windyz Ferreira em seu canal do YouTube ensina algumas dicas para você montar seu currículo lattes. Confira:

Dicas importantes

Antes de preencher seu currículo acesse na Plataforma Lattes, do lado direito em “Buscar Currículo” alguns feitos por outras pessoas para você ter algumas ideias para elaborar o seu. Procure pelo currículo de um professor seu, alguém que você admire na sua área. Caso você não tenha um nome, procure por uma área. Entenda, você não vai de forma nenhuma copiar os dados, vai somente se inspirar para construir o seu.

Compartilhe:

1
01:38
Cachorros no escritório melhoram o ambiente de trabalho
Ambiente de trabalho saudável, acolhedor, com redução de estresse e melhora de relacionamento entre a equipe são os benefícios que …
2
01:20
5 dicas para ser um freela bem sucedido
Existem vários pontos positivos em atuar como freelancer no mercado. Mas, para conseguir ser bem sucedido nessa carreira é preciso …
3
01:36
5 mudanças da reforma trabalhista
Confira o que mudou na relação entre trabalhador em empresa com a aprovação da reforma trabalhista. Gostou? Deixe um like e …