Últimas notícias:

Loading...

Confira 50 erros de português mais cometidos no mundo do trabalho

E aprenda como evitá-los!

Por: Redação

Falar e escrever incorretamente são pontos negativos em qualquer ambiente, mas principalmente no mundo do trabalho, independentemente da área ou da função que se ocupe.

Falar ou escrever incorretamente prejudica a vida profissional
Crédito: Getty Images/iStockphotoFalar ou escrever incorretamente prejudica a vida profissional

Para ajudá-lo a não cometer muitos deslizes, Rosângela Cremaschi, professora de comunicação escrita na Faap e consultora na RC7, levantou os 50 erros mais comuns em entrevista à jornalista Claudia Gasparini no site Exame.com.

Cofira alguns dos problemas:

  • “Faz” / “Fazem”
    Errado: Fazem dois meses que trabalho nesta empresa.
    Certo: Faz dois meses que trabalho nesta empresa.
    Por quê? No sentido de tempo decorrido, o verbo “fazer” é impessoal, ou seja, só é usado no singular. Em outros sentidos, concorda com o sujeito. Ex: Eles fizeram um bom trabalho.
  • “Fim de semana” / “final de semana”
    Errado: Bom final de semana!
    Certo: Bom fim de semana!
    Por quê? Fim é o contrário de início. Final é o contrário de inicial. Portanto: fim de semana; fim de jogo; parte final.
  • “Para mim” / “Para eu” fazer
    Errado: Era para mim fazer a apresentação, mas tive de me ausentar.
    Certo: Era para eu fazer a apresentação, mas tive de me ausentar.
    Por quê? “Para eu” deve ser usado quando se referir ao sujeito da frase e for seguido de um verbo no infinitivo.
  • “Senão” / “Se não”
    Errado: Nada fazia se não reclamar.
    Certo: Nada fazia senão reclamar.
    Por quê? Senão significa “a não ser”, “caso contrário”. Se não é usado nas orações subordinadas condicionais. Ex: Se não chover, poderemos sair.

Confira aqui a reportagem na íntegra.

  • Tem dúvida sobre o uso de expressões como “a nível de” ou “em nível de” e “a cores” ou “em cores”? O blog Novos Alunos explica a maneira correta de usá-las. Confira neste texto.

Compartilhe: