Magalu abre programa de trainee exclusivo para pessoas negras

E, antes de tudo, racismo reverso não existe !

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O racismo no Brasil é dividido em diferentes aspectos. Um deles, o desemprego, é dos que mais contribui para a exclusão e marginalização de milhões de pessoas em todo o país. Historicamente, o desemprego é realidade na rotina de boa parte dos 54% da população brasileira formada por homens e mulheres negras.

Em agosto, pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) alerta que a diferença da desocupação entre negros e brancos chegou à taxa recorde no segundo trimestre de ano: 71%.

Ainda assim,  a abertura de um processo seletivo para trainees exclusivo para profissionais negros, realizado pela Magalu, se tornou motivo polêmica nas redes sociais.  Abriu caminho para o desgastante e dispensável debate sobre racismo reverso.

Trainee Magalu
Trainee da Magazine Luiza recruta universitários e recém formados de todo Brasil, no início da vida profissional

Mas, diante do papel de empoderar nossos leitores, fazemos questão de divulgar o processo de contratação da empresa.

Divulgado na última sexta-feira, 18, o programa deste ano tem um formato inédito: aceitará apenas candidatos negros. O objetivo é trazer mais diversidade racial para os cargos de liderança da companhia, recrutando universitários e recém-formados de todo Brasil, no início da vida profissional.

Serão aceitos candidatos formados entre dezembro de 2017 e dezembro de 2020, em qualquer curso superior. O conhecimento em língua inglesa e experiência profissional anterior não fazem parte dos pré-requisitos para a seleção. Candidatos de todo o Brasil podem participar, desde que tenham disponibilidade para se mudar para São Paulo. Caso o selecionado seja de fora da cidade, receberá um auxílio mudança.

O processo

O processo seletivo será dividido em seis etapas. A seleção começará com testes online, em seguida, eles passarão pela etapa que consiste na gravação de um vídeo de apresentação profissional e por entrevistas com o departamento de recursos humanos. Aqueles que seguirem no processo, serão entrevistados por diretores de área e, depois, pela Diretoria Executiva. Os finalistas participarão de uma conversa com Frederico Trajano, CEO da empresa.

Salários e benefícios

Salário: R$ 6.600,00 + Bônus de contratação de 1 salário

Benefícios:
– PLR
– VR ou VA
– VT
– Plano médico e odontologico
– Gympass
– Univers
– Desconto em produtos
– Home Office híbrido
– Frutas no Escritório
– Liberdade pra se vestir como quiser
– Previdência Privada
– Bolsa inglês, além de uma grade de desenvolvimento exclusiva para aceleração de carreira do trainee com Job Rotation e de sessões Mentoria.

Representatividade importa!

Por enxergar a equidade racial e de gênero como uma ponte para ambientes empresariais mais bem-sucedidos e para um país mais igualitário, a companhia desenvolveu o primeiro programa de trainee exclusivo para negros do Brasil. Atualmente, o Magalu tem em seu quadro de funcionários 53% de pretos e pardos. Mas apenas 16% deles ocupam cargos de liderança. O alerta despertado por essa baixa participação fez com que o Magalu decidisse atuar, oferecendo oportunidades para quem ainda está começando a carreira.

O programa de trainees 2021 foi desenvolvido em parceria com as consultorias Indique Uma Preta e Goldenberg, Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), Faculdade Zumbi dos Palmares e Comitê de Igualdade Racial do Mulheres do Brasil — todos dedicados ao combate ao racismo e à inclusão. Esses parceiros ajudaram a equipe do Magalu a fazer ajustes finos no processo, para que ele não tivesse barreiras para a seleção e desenvolvimento profissional.

As inscrições podem ser realizadas pelo site: https://carreiras.magazineluiza.com.br/times/Jovens%20Talentos/Trainee