Famílias apostam em financiamento colaborativo para construir escola Waldorf em São Paulo

foto: divulgação
Imóvel cedido para a construção da escola.

Em 2010, um grupo de pais na Vila Mariana, zona sul de São Paulo, começou a estudar os conceitos de Pedagogia Waldorf (Já falamos sobre ela aqui no Catraquinha). A partir daí, nasceu um sonho: construir uma escola feita pela comunidade, sem fins lucrativos, formada por pais, professores, alunos e amigos, tendo a pedagogia Waldorf como base.

Assim nasceu a Associação Pedagógica Christophorus que, este ano, conseguiu o empréstimo de um imóvel onde é possível a instalação da escola, a Escola Waldorf Berta e Emil Molt. Mas, para que isso seja possível, a comunidade precisa fazer uma  reforma na casa. Para tanto, lançaram uma campanha de financiamento colaborativo na plataforma Juntos.com.vc. Eles esperam arrecadar R$ 40 mil até dia 3 de novembro. Clique aqui para apoiar.

“Precisamos adaptar o imóvel até o fim deste ano para conseguirmos a aprovação da Secretaria de Educação e iniciarmos turmas de ensino Fundamental já em 2016”, explicam os organizadores do grupo.

Se conseguirem alcançar a meta da campanha, a Escola Waldorf Berta e Emil Molt será a primeira escola de ensino fundamental Waldorf associativa da região Centro-Sul da cidade de São Paulo.

Compartilhe:

1 / 2
1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …
2
05:29
Como o estresse interfere na saúde do bebê
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …