Campanha contra obesidade lança alimentos tarja verde

Instituto Vencer o Câncer e Ogilvy criam ação para mudar hábitos alimentares e reduzir incidência de câncer

Por: Redação

Logo mais, você vai dar de cara com alimentos tarja verde nas prateleiras: itens sinalizados com uma faixa.

Catraca Livre criou o projeto Causando, apoiado pelo Carrefour, para mostrar como as marcas desenvolvem e assumem causas.

Alimentos tarja verde
Crédito: Divulgação Campanha do Instituto Vencer o Câncer e da Ogilvy lança selo verde para alimentos

Trata-se de uma ação do Instituto Vencer o Câncer e da agência Ogilvy, lançada nesta semana.

A campanha visa transformar o cenário de obesidade e sobrepeso no país. No Brasil, 55,7% das pessoas têm excesso de peso, segundo a mais recente Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018, do Ministério da Saúde.

Alimentos Tarja Verde
Crédito: DivulgaçãoAlimentos tarja verde incluem grãos, peixes e nozes

E por que engajar as pessoas em um estilo de vida mais saudável?

A resposta está no filme de dois minutos produzido para a campanha Alimentos Tarja Verde.

Ele traz a história de uma professora de educação infantil que descobriu um câncer e precisou se afastar do trabalho.

A obesidade está relacionada a diversas doenças, como câncer e diabetes. E combatê-las passa pela alimentação saudável desde criança.

Quais são os alimentos tarja verde?

Um site elaborado para a campanha traz os itens que podem levar o rótulo. São frutas, verduras, legumes, grãos e peixes, entre outros.

Os alimentos que recebem tarja verde contam com aspectos nutricionais que ajudam a prevenir doenças. A acessibilidade também entra na conta: são considerados itens como como faixa de preço e sazonalidade.

Alimentos Tarja Verde
Crédito: DivulgaçãoEspinafre e maçã recebem selo verde

No vídeo abaixo, o oncologista Fernando Maluf, do Instituto Vencer o Câncer, explica como o consumo de alimentos ultraprocessados e refrigerantes, além do excesso de açúcar e gorduras, é prejudicial.

E conta também o que são os alimentos protetores, que “vão garantir a saúde das crianças por muito tempo”, segundo o médico.

Como participar

É possível colaborar com a campanha de quatro formas. A primeira é compartilhando conteúdo, posts, vídeos e informações sobre alimentos tarja verde nas redes sociais, como InstagramFacebook.

A segunda é voltada a produtores: empresas podem apoiar o programa inserindo em seus produtos o selo Tarja Verde. Para isso, é preciso entrar em contato com o instituto.

Vale ainda contribuir com recursos financeiros para a campanha. Nesse caso, basta escrever para financeiro@vencerocancer.org.br.

E, claro, consumir alimentos tarja verde.


Imagem Carnaval Sem Assedio

Compartilhe: