Causando
Causando

Causando

Doações de empresas ajudam no enfrentamento à Covid-19

Companhias e fundações doam recursos, materiais, consultoria e mão de obra para auxiliar comunidades, hospitais e pequenos negócios

Respiradores artificiais, recursos, kits de higiene e cestas básicas: as doações de empresas para o combate ao novo coronavírus vêm de diversas formas. A mobilização visa colaborar com equipes que estão na linha de frente – como enfermeiros, médicos e profissionais de segurança e limpeza –, hospitais, pessoas em situação de vulnerabilidade social e pequenas empresas.

Catraca Livre criou o projeto Causando, apoiado pelo Carrefour, para mostrar como as marcas desenvolvem e assumem causas.

Diversas companhias pararam o que estava em produção. No lugar, passaram a fazer álcool em gel, máscaras e sabonetes para doar à sociedade.

Outras ofereceram seus produtos e serviços gratuitamente. E houve ainda quem criasse soluções para auxiliar desde pequenos negócios até ONGs.

Doações de empresas

Conheça, a seguir, algumas iniciativas.

3DCRIAR: Disponibilizou o parque de produção em 3D para a produção de peças de equipamentos ou de protótipos que sirvam para atendimento e tratamento da Covid-19. Os serviços são gratuitos e serão analisados caso a caso. Os projetos deverão ser encaminhados para daniel.huamani@3dcriar.com.br.

Ajude o Pequeno: Plataforma construída por diversas companhias para auxiliar micro e pequenas empresas gratuitamente. São oferecidos conteúdos como videoaulas, vendas online, marketing digital e finanças, entre outros.

Always: Doará R$ 200 mil à equipe do Laboratório de Investigação Médica da Fundação Faculdade de Medicina, da USP, para fomentar as pesquisas sobre o novo coronavírus e incentivar a participação de mulheres na ciência. Também entregará gratuitamente 200 mil unidades de absorvente a médicas, enfermeiras, trabalhadoras de serviços de limpeza e recepcionistas em hospitais de São Paulo.

Ambev: Produzirá 500 mil unidades de álcool em gel para distribuir a hospitais da rede pública de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Doações de Empresas - Ambev
Crédito: DivulgaçãoAmbev produz álcool em gel para doar à população

Anjos Colchões & Sofás: Em ação conjunta com funcionários, doou 500 kits preventivos, contendo máscara, avental e touca para a rede municipal de saúde de Capitão Leônidas Marques (PR).

Arteris: A empresa de concessão de rodovias distribuirá 20 mil kits de higiene para caminhoneiros nas balanças de pesagem em concessões federais e em postos selecionados nas rodovias estaduais.

Avon e Natura: As marcas reorientaram suas fábricas para produzir exclusivamente itens essenciais de higiene pessoal, deixando de elaborar produtos de maquiagem e perfumaria. Serão doadas 2,8 milhões de unidades de sabonete para distribuição em comunidades. Em parceria com a Usina São Martinho, serão processadas e envasadas 15 toneladas de álcool em gel e 150 mil litros de álcool em solução 70% para serem doados à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, que os distribuirá em postos de saúde.

Banco Safra: Doará R$ 20 milhões para hospitais públicos e Santas Casas, que serão destinados à ampliação de leitos hospitalares e compra de equipamentos e insumos médicos.

Boa Impressão 3D: Com 11 impressoras 3D, trabalha para confeccionar 1.000 kits de protetores faciais. Eles serão doados para a Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, que fará a entrega em hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Doações de Empresas - Boa Impressão 3D
Crédito: DivulgaçãoBoa Impressão 3D confecciona 1.000 kits de proteção facial para doação

Century Indústria e Comércio de Estofados: Interrompeu a produção para confeccionar toucas, aventais e lençóis e doá-los a hospitais públicos e universitários da região de Maringá (PR). São feitas, em média, 1.000 peças por dia.

Cia Müller de Bebidas: A empresa responsável pela fabricação da Cachaça 51 doará álcool etílico e álcool em gel no interior de São Paulo, totalizando 36,5 mil litros, a hospitais, postos de saúde e corpo de bombeiros, entre outros.

Cia de Talentos: Disponibilizou gratuitamente a hospitais e organizações sociais a ferramenta Bettha, de seleção de pessoal, para ajudar no recrutamento para contratações emergenciais, até o fim de abril.

Comunitas: A ONG arrecadou R$ 25,8 milhões de pessoas físicas e jurídicas. O recurso foi usado para a compra de 351 respiradores e 121 monitores para UTIs dos hospitais públicos do governo paulista.

DeMillus: Vai doar 100 mil máscaras cirúrgicas. A empresa de lingerie prepara a fábrica para produzi-las e, assim, ter capacidade de oferecer até 1,2 milhões de unidades por mês. A marca está viabilizando também a produção de aventais.

Dermage: Doou 2.000 unidades de álcool em gel para o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Retiro dos Artistas, o Hospital Federal de Bonsucesso e o Hospital da Lagoa, entre outras instituições. Novas doações estão previstas, segundo a empresa.

Dr. Ácaro: Anunciou a doação do serviço de sanitização (desinfecção) para o  Centro de Operações Integradas, em Santo André (SP), onde trabalham profissionais que monitoram e garantem a segurança da população por meio de câmeras distribuídas pela cidade. A empresa também sanitizou 40 viaturas em São Caetano do Sul (SP).

Doações de Empresas
Crédito: DivulgaçãoEntre as doações de empresas está o serviço de sanitização da Dr. Ácaro

Ecoville: Doou 10 mil frascos de 125 ml de álcool em gel para a Secretaria Municipal da Saúde e a população em situação de vulnerabilidade social da cidade de Joinville (SC).

Fundação Tide Setúbal: Em parceria com a Benfeitoria, criou um fundo colaborativo com R$ 3,6 milhões. A cada R$ 1 recebido em arrecadações de projetos de financiamento coletivo para conscientização, cuidados com a saúde (física e emocional), distribuição de donativos e suporte a micro e pequenos empreendedores das periferias brasileiras, serão doados outros R$ 2 pela fundação.

Genial Investimentos: Doou a seis ONGs 2.880 kits para serem entregues a famílias em situação de vulnerabilidade social. Eles contêm cestas básicas e itens de higiene e proteção – como álcool em gel e desinfetante – e de higiene pessoal (shampoo, sabonete em barra, creme dental e escova de dentes, entre outros).

Grupo Kyly: Fez a doação de 1.900 máscaras e 4.800 luvas, que serão destinados a profissionais de serviços de saúde de Pomerode e região (SC).

Grupo Moura: Doará 100 mil máscaras, cujo projeto foi desenvolvido pelas equipes de engenharia da empresa, para funcionários e profissionais das revendas da marca.

Grupo Reserva: A detentora das marcas Reserva, Reserva Mini, Oficina e Eva doará 10 mil máscaras, feitas com tecidos que seriam usados para a fabricação das peças e validadas por uma pneumologista. Elas serão entregues a moradores das comunidades do Rio de Janeiro Rocinha (Semearte), Maré (Centro de Artes da Maré), Morro do Alemão (Voz da Comunidade) e Pavão Pavãozinho (Rede Postinho).

GT Building: A incorporadora doou o valor de dois respiradores e dois monitores multiparamétricos com capnógrafo (de análise da respiração) para a Santa Casa de Curitiba (PR).

IDIS, Movimento Bem Maior e BSocial: Com o apoio de outras lideranças da Cultura de Doação no Brasil, se uniram para criar o Fundo Emergencial para a Saúde – Coronavírus Brasil para receber doações de qualquer quantia, que serão encaminhadas para instituições em posição estratégica no sistema de saúde do País. Inicialmente, as entidades beneficiárias são Fiocruz, Hospital das Clínicas de São Paulo, Santa Casa de São Paulo e Comunitas.

iFood: Destinará R$ 50 milhões a um fundo de assistência a restaurantes, com foco especial nos pequenos estabelecimentos – fortemente impactados pela pandemia.

Instituto General Motors: Doará 5.500 cestas de alimentos e itens de higiene e limpeza a famílias em situação de vulnerabilidade social e 3.000 óculos de segurança para uso por profissionais de saúde de Gravataí (RS), Joinville (SC), São Caetano do Sul e São José dos Campos (SP).

Instituto Hidrovias: Colaborou com R$ 3,4 milhões para o município de Itaituba (PA). O valor será destinado à compra de 200 camas hospitalares para o novo Hospital Regional do Tapajós.

Itaú Unibanco: Doará R$ 150 milhões, por meio da Fundação Itaú para Educação e Cultura e do Instituto Unibanco, para infraestrutura hospitalar, compra de equipamentos (como respiradores), cestas de alimentação e kits de higiene.

Lacta: Entregará mais de meio milhão de ovos de Páscoa para entidades e instituições que atendem pessoas em vulnerabilidade social.

Lola Cosmetics: Doou 4.000 sabonetes em barra para moradores da Cidade de Deus, na capital fluminense. Entregará gratuitamente 20 mil unidades de gel antisséptico – metade na Cidade de Deus e metade no Quilombo Região dos Lagos (RJ).

Magazine Luiza: As famílias Trajano e Garcia, controladoras da companhia, doarão R$ 10 milhões em equipamentos e outros itens – como respiradores artificiais e colchões – para o tratamento de vítimas da Covid-19. Já foram entregues monitores cardíacos para o Hospital Emílio Ribas (SP), ventiladores pulmonares em uma unidade do sistema público de saúde em São Paulo e na Santa Casa de Franca (SP) e 4.000 colchões para os estados da Bahia e do Pará atenderem às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Maricota Alimentos: Doou um respirador para o Hospital Senhora Aparecida, em Luz (MG).

MHB Hotelaria: Entregou gratuitamente 3.000 unidades de “amenities” (produtos em miniatura disponíveis em hotéis) – xampus, condicionadores e sabonetes – a pessoas em situação de rua em Belo Horizonte (MG).

MyBasic e HJ Têxtil: Confeccionaram 5.000 máscaras de tecido 100% algodão para doação a organizações e feirantes, entre outros. A ação fez com que costureiras procurassem as empresas para apoiar voluntariamente na produção.

Doações de empresas - MyBasic e HJ Têxtil
Crédito: DivulgaçãoMáscaras de tecido produzidas pelas empresas MyBasic e HJ Têxtil

Nestlé: Doará 500 toneladas de alimentos e bebidas (como leites, sopas, biscoitos e cafés), além de alimentos para animais de estimação, para a população. Em parceria com as cooperativas de reciclagem e catadores da plataforma Cataki, será realizada a doação de mais de 24 toneladas de alimentos, que serão distribuídos a aproximadamente 2.500 famílias ligadas às cooperativas de reciclagem da cidade de São Paulo e região.

O Boticário: Por meio do Instituto Grupo Boticário, doou 1,7 tonelada de álcool em gel Cuide-se Bem para o Sistema de Saúde Pública de Curitiba (PR). Agora, anuncia a doação de outras 216 toneladas de itens de higiene (álcool em gel, álcool 70% e sabonetes) e R$ 500 mil para a FEMIPA (Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná) para a compra de equipamentos hospitalares.

Pepsico: Pela Fundação PepsiCo, serão doadas 115 mil refeições e 575 mil produtos fabricados pela companhia (como aveia, achocolatado, água de coco). A empresa vai ainda antecipar investimentos em programas de reciclagem feitos por cooperativas já apoiadas pela empresa, para subsidiar parte da renda dos cooperados.

Petlove e Vet Smart: Em iniciativa conjunta, as empresas lançaram projeto que permite a médicos veterinários e pequenos petshops do país criar um site integrado à Petlove e vender seus produtos e serviços online. A logística de entrega dos produtos fica sob responsabilidade da plataforma.

Subway: Ao menos 106 franquias da rede de alimentação estão doando 25 mil sanduíches para ajudar a comunidade e os profissionais das áreas de saúde, segurança e bem-estar que estão atuando no combate à Covid-19.

Turbi: A startup de aluguel de veículos por aplicativo disponibilizou vouchers gratuitos para médicos, farmacêuticos e enfermeiros. Eles podem usar gratuitamente os carros da empresa para ir ao trabalho, em São Paulo, até 30/4. Basta enviar e-mail para contato@turbi.com.br, com identificação profissional (CRM, Coren, CRF).

Vila Romana: Está confeccionando 20 mil máscaras com os tecidos do estoque para doação em comunidades carentes.

Vivara: Distribuirá, em parceria com a organização humanitária Cruz Vermelha Brasileira, 10 mil kits de higiene – álcool em gel, sabonete antibacteriano, máscara e folheto com dicas de segurança – em regiões de vulnerabilidade social.

VLI: A companhia de soluções logísticas doou R$ 6 milhões, distribuídos entre 420 mil máscaras e luvas para profissionais da saúde; 100 mil produtos alimentícios para caminhoneiros; e 30 mil cestas básicas para comunidades.

Volkswagen do Brasil: Disponibilizou 100 veículos para o deslocamento de médicos e enfermeiras, bem como o transporte de medicamentos e equipamentos de saúde. Os carros foram colocados à disposição das prefeituras de São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos (SP) e de São José dos Pinhais (PR) e do Governo do Estado de São Paulo.

Votorantim: Por meio do Instituto Votorantim, doou R$ 50 milhões a autoridades públicas, instituições de saúde e entidades privadas da sociedade civil para a compra de itens como kits para teste e respiradores. Também redirecionou os mais de 300 projetos apoiados para ações de combate ao novo coronavírus.

Yamá Cosméticos: Produzirá 5 toneladas de álcool em gel para a distribuição gratuita a hospitais e instituições de Cotia (SP), além de funcionários.