Rio Pinheiros ganha assentos de privada

Ação, idealizada pelo Movimento Volta Pinheiros, inclui instalações em três pontes da capital paulista

Por: Redação

O rio Pinheiros ganhou “presentes” às vésperas do aniversário de São Paulo: assentos de privada.

Catraca Livre criou o projeto Causando, apoiado pelo Carrefour, para mostrar como as marcas desenvolvem e assumem causas.

Campanha da Volta Pinheiros no aniversário de São Paulo
Crédito: DivulgaçãoForam instalados assentos de privada em três pontos do rio Pinheiros

Dessa forma, o Movimento Volta Pinheiros convida a população a refletir sobre o esgoto a céu aberto que se tornou o rio, um dos símbolos da capital paulista.

Também é uma maneira de cobrar o projeto oficial de limpeza do rio dos órgãos responsáveis pelo projeto Novo Pinheiros, Governo do Estado de São Paulo, a Sabesp e a EMAE (Empresa Metropolitana de Águas e Energia).

Os assentos de privada foram instalados hoje nas pontes Cidade Universitária, Morumbi e Eusébio Matoso.

Campanha da Volta Pinheiros no aniversário de São Paulo
Crédito: DivulgaçãoAção foi idealizada e executada pelo Movimento Volta Pinheiros

São “mirantes”, pelos quais se pode observar o rio sujo e poluído. E permanecerão até que a retirada seja solicitada por órgãos públicos.

A ação foi idealizada por cidadãos que fazem parte do movimento.

Assentos de privada e almofadas

Os assentos de privada não são a primeira ação do movimento para alertar sobre a poluição do rio Pinheiros.

No ano passado, foram enviados 50 kits para a Câmara de Vereadores, algumas prefeituras (incluindo a de São Paulo) e o Governo do Estado de São Paulo.

Cada um continha uma almofada em forma de cocô. Trazia também a mensagem: “Esta almofada é um confortável presente para quem consegue dormir com o rio Pinheiros desse jeito”.


Imagem Carnaval Sem Assedio

Compartilhe: