Vídeo mostra por que o distanciamento social funciona 

Vídeo do Departamento de Saúde de Ohio, nos EUA, faz metáfora para alertar sobre transmissão de Covid-19

Por: Redação

O distanciamento social funciona para deter a transmissão de Covid-19. Essa é a mensagem de uma campanha americana, divulgada em vídeo, para mitigar as infecções pelo novo coronavírus.

Catraca Livre criou o projeto Causando, apoiado pelo Carrefour, para mostrar como as marcas desenvolvem e assumem causas.

Campanha distanciamento social - Departamento de Saúde de Ohio
Crédito: Reprodução/YouTubeFilme foi uma criação da agência Real Art para o Departamento de Saúde de Ohio, nos EUA

Na peça, cada ser humano é representado por uma bolinha de pingue-pongue sobre uma ratoeira. Uma bem próxima à outra.

Basta que uma engrenagem seja acionada para começar uma impressionante reação em cadeia. Confira no vídeo de 30 segundos abaixo.

Produzido pela agência Real Art, ele foi divulgado pelo Departamento de Saúde de Ohio, estado no centro-oeste dos EUA.

E viralizou. A ponto de a autora da saga Harry Potter, J. K. Rowling, retuitar a peça, elogiando sua eficácia ao transmitir a mensagem da necessidade de distanciamento social durante a pandemia do novo coronavírus.

Bastidores da campanha

No Twitter, o diretor da agência conta que muitas pessoas questionaram como o vídeo foi produzido.

Foram necessárias oito horas para organizar o cenário e fazer a primeira tomada, segundo ele.

Os créditos do vídeo sobre distanciamento social são do fundador da Real Art, Chris Wire. “Ele telefonou para mim e para Philip [Heiss, diretor de fotografia] no domingo passado com a ideia”, escreveu Andy, em 9 de abril, no Twitter.

“Alguns dias depois, estávamos comprando todas as ratoeiras na Grande Dayton”, afirmou ele.

Andy contou, na rede social, que foi feita apenas uma tomada. No segundo dia, “sabíamos que não poderíamos construir algo nessa escala novamente”.

Campanha distanciamento social - Departamento de Saúde de Ohio
Crédito: Reprodução/YouTubeEquipe usou ratoeiras e bolas de pingue-pongue para abordar distanciamento social

Dessa forma, fizeram o mesmo com menos ratoeiras e focaram closes e ângulos diferentes. Foram usadas quatro câmeras, o que rendeu ao time “uma tonelada de imagens”.

Em tempo: A própria equipe diz ter mantido o distanciamento social para a gravação do vídeo. Foram envolvidas três pessoas nas filmagens do primeiro dia e cinco, no segundo.

Compartilhe: