Últimas notícias:

Loading...

6 momentos em que Ivete Sangalo mostrou ser exemplo de cidadania

Por: Redação
Facebook/reprodução
Além de talentosa, Ivete Sangalo é cidadã e defende os direitos das minorias

Não é todo dia que vemos uma pessoa linda, talentosa e comprometida com as minorias brilhando no Brasil. Ivete Sangalo é tudo isso – e mais um tanto! Ao longo de sua carreira, a cantora deu depoimentos que marcaram a memória do brasileiro e incentivaram a construção de uma sociedade mais cidadã e respeitosa.

Seja em momentos inusitados durante seus shows, programas de TV ou entrevistas à imprensa, Ivete bateu de frente com uma sociedade machista e homofóbica e, apesar de ter a chance de desagradar boa parte de seus fãs, não abriu mão da possibilidade de defender aquilo que é correto.

Portanto, selecionamos 6 momentos marcantes em que a cantora brilhou e mostrou ser um verdadeiro exemplo de cidadania:

1. “Gay não precisa ser ajudado, precisa de respeito”

Em julho deste ano, Ivete falou sobre homofobia em entrevista coletiva sobre seu mais recente DVD. Durante o bate-papo, a cantora foi questionada sobre sua responsabilidade ao levantar a bandeira LGBT como uma das personalidades mais populares do país.

“O mundo está do jeito que está porque as pessoas não se libertam para o amor. As pessoas se prenderam no ódio, no julgamento. Não existe opinião, existe julgamento. E a pior coisa do mundo é a gente não compreender que essa roda cai na gente. Em algum momento seremos julgados também.” Leia a entrevista completa aqui.

——————————————————————————————————–

2. “Discutir a orientação sexual de qualquer pessoa é uma ignorância”

Em julho de 2015, em entrevista ao colunista Bruno Astuto, da Revista Época, a cantora falou da sua relação com os homossexuais. “Não entendo, nessa altura do campeonato, se discutir a orientação sexual de qualquer pessoa. É até uma ignorância’, disse à publicação. Leia mais sobre o caso aqui.

——————————————————————————————————–

3. Ivete interrompe show e “dá bronca” em grávida, pelo próprio bem dela

Durante show que aconteceu em setembro deste ano, a cantora deu bronca em uma fã grávida que estava na plateia “fazendo o que não devia”. “Mulher, você está grávida, desça da ‘cacunda’ dele”, aconselhou a cantora baiana de cima do palco. E ainda completou com a pergunta: “Está de quantos meses?”. Relembre o caso aqui.

——————————————————————————————————–

4. Casal gay é agredido em show de Ivete e cantora diz: “pobreza de espírito”

Caio e Daniel, casal homossexual que foi agredido pelos seguranças do CTN (Centro de Tradições Nordestinas), em São Paulo, após um show da cantora Ivete Sangalo que aconteceu no local, em junho deste ano, participaram do “SuperPop”, da RedeTV!. Por telefone, a cantora reprovou as agressões sofridas pelos fãs.

Ivete disse que considera o acontecimento como “deplorável” e que não entende o preconceito das pessoas. “É tão difícil quando você não tem liberdade para ser o que você é. É tão desumano. Eu abomino. Isso é uma pobreza de espírito”, declarou, completando: “O indivíduo que não respeita o outro, que maltrata o outro, ele está imediatamente não se respeitando”.

——————————————————————————————————–

5. “As mulheres têm uma força muito grande, uma independência, uma polivalência, e elas estão descobrindo umas com as outras”

Em, entrevista à revista Caras, Ivete Sangalo revelou que a nova temporada do programa “Superbonita”, da GNT, vai dialogar diretamente com o empoderamento feminino e com as transformações sociais.

“Vivemos esse momento de possibilidades da mulher se assumir e se apoderar, é um direito dela, mas isso sempre aconteceu de uma forma muito íntima. Esse sentimento era muito isolado. Acho que agora ela utiliza isso em sociedade, se torna mais participativa, ela divide com outras mulheres seus pensamentos, então isso veio fortalecer ainda mais a mulher (…) As mulheres têm uma força muito grande, uma independência, uma polivalência, e elas estão descobrindo umas com as outras. As mulheres não precisam de aprovação”.

——————————————————————————————————–

6. “Se meu filho falar que é gay, vou dizer ‘que maravilha'”

Ao jornal EXTRA, Ivete falou sobre a questão da maternidade. Mãe do pequeno Marcelo, de apenas 6 anos, a cantora revelou o seguinte: “Confesso que fico constrangida de ter que falar sobre aceitação aos gays porque o respeito é uma substância da vida. Não temos que questionar isso. Se meu filho (Marcelo, de 5 anos), no futuro, falar para mim que é gay, vou dizer “que maravilha”. Vamos ser felizes! Ser gay não pode ser uma condenação. A pessoa nasce assim e precisa ser feliz dessa maneira. Temos que ter a percepção humana de que cada um pode viver sem interferir na vida do outro.”

——————————————————————————————————–

Veja também:

Compartilhe: