Advogada agredida pelo namorado grava vídeo de agradecimento

"Ainda é muito difícil para mim ter que voltar na situação, ter que falar sobre isso, mas eu estou tentando ficar bem", disse advogada agredida

Por: Redação | Comunicar erro

A advogada Luciana Simzimbra, de 26 anos, que filmou o momento em que foi agredida pelo namorado, o piloto Victor Junqueira, de 24, em Goiânia, agradeceu a apoio que tem recebido e disse que está se recuperando do trauma causado pelo episódio.

Ela se manifestou sobre o assunto em um vídeo divulgado nas redes sociais: “Eu queria agradecer imensamente todas as mensagens que eu recebi. Todo o apoio está sendo muito importante nesta fase, neste momento. Eu estou vindo aqui falar com vocês porque eu não estou conseguindo retribuir tudo que vocês estão fazendo por mim, de abraçar esta causa que ainda é tão complicada no Brasil e que existe tanto ao nosso lado e a gente nem sabe”.

No vídeo, afirmou que pretende ajudar outras vítimas de violência doméstica, embora reconheça que a situação “ainda é muito difícil”. “Eu estou um pouco melhor hoje. Ainda é muito difícil para mim ter que voltar na situação, ter que falar sobre isso, mas eu estou tentando ficar bem, estou tentando superar e eu tenho certeza que a partir da minha história eu vou conseguir ajudar outras pessoas”, afirmou a advogada.

Repercussão

Na última quinta-feira, 27, o advogado de Victor, Romero Ferraz, informou que o agressor “não se manifestará acerca dos vídeos que foram divulgados, por enquanto”. Disse ainda que “foram impostas medidas cautelares em desfavor de Victor pela Justiça, as quais estão sendo fielmente cumpridas, em respeito às instituições”.

Agradecimento à família 

Luciana postou os vídeos no fim da tarde de sexta-feira, 28, durante viagem que faz com a família ao Chile. Ela afirma que, apesar de ainda estar “emocionalmente abalada”, está bem e grata pela ajuda de tantas pessoas.

“Se não fosse pela minha família, pelos meus amigos, pelo apoio que eu estou tendo, eu às vezes penso que eu não estaria tão bem como estou agora, ainda emocionalmente abalada, mas relativamente bem diante de tudo. Então, mas uma vez, muito obrigada por tudo, por todo o carinho, por todas as pessoas que estão olhando e vendo que isso é sério, isso não se brinca, então muito, muito obrigada”, diz Luciana.

Relembre o caso 

O caso ocorreu na madrugada do último dia 14 de dezembro, em Goiânia. No momento da agressão, gravada pelo celular, é possível ver o jovem discutindo com a mulher e a agredindo. Tentando conter os golpes, a mulher faz apelos para que o namorado pare com as agressões. “Para você está me batendo de novo. Para. Você vai me matar desse jeito. Você acabou de me dar um murro na cabeça”, grita a advogada no vídeo.

1 / 8
1
02:29
Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas
Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via …
2
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
3
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
4
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
5
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
6
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
7
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
8
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …