Ancine libera documentário sobre Bolsonaro após ser criticada

“Nem Tudo se Desfaz” é tido como uma espécie de "réplica" ao filme “Democracia em Vertigem”, da diretora Petra Costa

Por: Redação

Agência Nacional do Cinema (Ancine) libera documentário sobre Bolsonaro após alvo de críticas do presidente. Nesta terça-feira, 23, a agência autorizou a captação de R$ 530 mil para a produção do documentário “Nem Tudo se Desfaz”, do diretor Josias Teófilo, que pretende contar a partir dos protestos de Junho de 2013 o movimento cultural e político que levou Jair Bolsonaro a Presidência da República, nas eleições de 2018.

Crédito: Agência BrasilAncine libera documentário sobre Bolsonaro após ser criticada

O diretor do filme, talvez não por acaso, é o mesmo que dirigiu “O Jardim das Aflições”, que narra a vida de Olavo de Carvalho, que se intitula filósofo e é o guru do atual governo.

O documentário sobre Bolsonaro e sua ascensão política é anunciado com entusiasmo pelos bolsonaristas, por ser considerado uma espécie de “réplica” ao filme “Democracia em Vertigem”, da diretora Petra Costa. Como é o caso de Eduardo Bolsonaro e o próprio Olavo de Carvalho.

Nem tudo se desfaz, o novo filme de Josias Teófilo. NEM TUDO SE DESFAZ é um documentário ensaístico sobre os…

Posted by Olavo de Carvalho on Thursday, July 11, 2019

Nas últimas semanas, a Ancine esteve na mira do presidente, que criticou a produção de filmes como Bruna Surfistinha. “O Brasil não pode mais financiar com dinheiro público filmes como o da Bruna Surfistinha, produção de 2011 que narra a história de uma garota de programa”, declarou.

Neste mesmo discurso, Bolsonaro deixou claro que quer ter mais influência sobre a Ancine, e para isso irá transferir a direção da agência do Rio de Janeiro para Brasília.

“Não somos contra essa ou aquela opção, mas o ativismo não podemos permitir em respeito às famílias. É uma coisa que mudou com a chegada do governo”, disse após reunião com o Ministro da Cidadania, Osmar Terra, na qual foram definidas novas propostas para a agência, no último dia 18.

Além da direção do órgão, o presidente assinou um decreto que transferiu o Conselho Superior do Cinema, do Ministério da Cidadania para a Casa Civil. O conselho é responsável por formular a política nacional de audiovisual.

A Ancine foi criada em 2001, no governo de Fernando Henrique Cardoso, e é responsável por aprovar diretrizes gerais para o desenvolvimento da indústria audiovisual e estimular a presença do conteúdo brasileiro em todos os segmentos de mercado.

1
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
2
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
3
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
4
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
5
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
6
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
7
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …
8
Qual o impacto do feminismo na periferia ? Luana Hansen dá a letra
Dj, MC e produtora musical, Luana Hansen fez e faz história no movimento hip hop há, pelo menos, duas décadas. …