CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Anitta usa tranças e, de novo, comete apropriação cultural

Por: Redação

A cantora Anitta de tranças

A cantora Anitta gravou cenas para o seu novo clipe, “Vai, malandra”, no último dia 20, no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro.

Só que, novamente, ela resolveu brincar de ser negra, colocando tranças e se apropriando deste elemento cultural tradicionalmente negro.

Muita gente se indignou não apenas com a apropriação, mas também com a ausência de discussão sobre o caso:

https://twitter.com/ahsofia/status/899708134524157954

https://twitter.com/carolinafrntz/status/899594598875574273

https://twitter.com/Raiiy/status/899647479645327360

O caso se assemelha a muitos outros, especialmente ao da atriz Isabella Santoni, que também apareceu de tranças.

“Muito fácil ter ‘estilo afro’ sendo branca e nunca ter que passar por todos os preconceitos sociais que pessoas negras passam por assumir o mesmo estilo”, escreveu uma internauta na época.

Como já noticiamos naquele momento, enquanto mulheres brancas utilizam tranças apenas como adereço fashion, as negras têm questões de tradição e autoestima relacionadas às tranças. E não raro, as mulheres negras enfrentam resistência em determinados espaços,

Em outro caso emblemático, uma funcionária de uma agência de marketing foi humilhada por causa das tranças e demitida após denunciar o caso.

“Então eu disse: ‘Você pode falar do meu trabalho, mas não fale da minha cultura. Porque o fato é: uma mulher preta, usando trança, usando afro, não é somente um penteado, é cultura. O meu cabelo é de trança, é assim que se faz na minha cultura, na minha família, com meus amigos… as mulheres usam trança. Eu não tenho que me submeter a essa cultura branca invisível que há no escritório”, afirmou a funcionária para a revista Fórum.

“É totalmente diferente ser branco – ou passar como branco – e usar um turbante/dread, e ser negro usando as mesmas coisas; os olhares são outros, exatamente porque quando usado pelo protagonista daquela tradição, o símbolo ganha outro significado, ele é político, de resistência e empoderamento”, escreveu a ativista Stephanie Ribeiro sobre apropriação cultural.

Procurada, a assessoria de imprensa de Anitta não se pronunciou até o fechamento deste texto.

  • Leia mais:

Compartilhe:

1
Witzel é alvo da PF; Zambelli antecipa operação em entrevista
A Polícia Federal iniciou nesta terça-feira, 26, a Operação Placebo, que apura desvios na Saúde do Rio de Janeiro nas …
2
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
3
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
4
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
5
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
6
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …
7
Guia Negro Entrevista: O que é ser um corpo negro no mundo?
Neste décimo e último episódio da terceira temporada do Guia Negro Entrevista, o programa revisita seu passado para apresentar um …
8
Vídeo da reunião de Bolsonaro com Moro pode incriminar o presidente? Entenda
E não é que a exibição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril citado pelo ex-ministro Sergio …