CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Aposentadoria de Bolsonaro e 141 deputados pode chegar a 33 mil

Aposentadoria concedida a 142 deputados e ex-deputados, incluindo o atual presidente, vale seis vezes mais que o teto do INSS

Por: Redação

Das mais caras pautas ao novo governo, a reforma da Previdência ainda é motivo de muito debate e desconfiança. Afinal, por que políticos e militares pressionam para ficar de fora do novo texto que será apresentado ao Congresso Nacional ?

Neste cenário de ebulição que tomou conta da política nacional, notícia divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira, 15, revela que um grupo de 142 deputados, e ex-deputados, que neste caso inclui o atual presidente Jair Bolsonaro, poderão pedir aposentadoria, a partir de fevereiro, avaliada em até R$ 33.763 – quase seis vezes mais que o teto do atual do INSS – que hoje chega a 5.645,80. Bolsonaro, por exemplo, poderá acumular a aposentadoria mais R$ 30.934,70, salário que recebe como presidente da República.

Crédito: AFPCom 63 anos, ex-deputado iniciou a carreira como deputado em 1991

Caso aprovada, os parlamentares, responsáveis pelas mudanças na Previdência, poderão se aposentar por meio de dois planos_ambas om regras mais generosas do que propostas pela reforma.

Fosse sancionada por Michel Temer, os parlamentares teriam que cumprir regras mais rígidas propostas pela nova Previdência. Neste caso, ter as idades mínimas de 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens) e trabalhar por um período adicional de 30% sobre o tempo que faltaria para a aposentadoria.

Carreira política 

Aos 63 anos, Bolsonaro foi eleito deputado federal pela primeira vez em 1991. Passados 28 anos de mandato até os dias atuais, o atual presidente poderá ter direito a um benefício próximo do integral_equivalente a mais de 90%  da remuneração de parlamentar). Terá 12 meses para solicitar o benefício com direito à retroatividade.

Dos 142 deputados e ex-deputados que têm direito ao benefício, 58 não foram reeleitos ou sequer concorreram a um lugar na Câmara. No Senado, 26 dos não reeleitos estão aptos receber o benefício. Confira a matéria na íntegra no site do Estadão. 

Compartilhe:

1
Morre Gilberto Dimenstein, jornalista e fundador da Catraca Livre
É com profunda tristeza que a Catraca Livre anuncia o falecimento de seu fundador, Gilberto Dimenstein, aos 63 anos de …
2
Entenda a operação da Polícia Federal de combate às fake news
O combate às fake news ganhou um novo e importante capítulo nesta semana com a Polícia Federal realizando uma série …
3
Witzel é alvo da PF; Zambelli antecipa operação em entrevista
A Polícia Federal iniciou nesta terça-feira, 26, a Operação Placebo, que apura desvios na Saúde do Rio de Janeiro nas …
4
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
5
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
6
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
7
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
8
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …