Aposentadoria de Bolsonaro e 141 deputados pode chegar a 33 mil

Aposentadoria concedida a 142 deputados e ex-deputados, incluindo o atual presidente, vale seis vezes mais que o teto do INSS

Das mais caras pautas ao novo governo, a reforma da Previdência ainda é motivo de muito debate e desconfiança. Afinal, por que políticos e militares pressionam para ficar de fora do novo texto que será apresentado ao Congresso Nacional ?

Neste cenário de ebulição que tomou conta da política nacional, notícia divulgada pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira, 15, revela que um grupo de 142 deputados, e ex-deputados, que neste caso inclui o atual presidente Jair Bolsonaro, poderão pedir aposentadoria, a partir de fevereiro, avaliada em até R$ 33.763 – quase seis vezes mais que o teto do atual do INSS – que hoje chega a 5.645,80. Bolsonaro, por exemplo, poderá acumular a aposentadoria mais R$ 30.934,70, salário que recebe como presidente da República.

Crédito: AFPCom 63 anos, ex-deputado iniciou a carreira como deputado em 1991

Caso aprovada, os parlamentares, responsáveis pelas mudanças na Previdência, poderão se aposentar por meio de dois planos_ambas om regras mais generosas do que propostas pela reforma.

Fosse sancionada por Michel Temer, os parlamentares teriam que cumprir regras mais rígidas propostas pela nova Previdência. Neste caso, ter as idades mínimas de 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens) e trabalhar por um período adicional de 30% sobre o tempo que faltaria para a aposentadoria.

Carreira política 

Aos 63 anos, Bolsonaro foi eleito deputado federal pela primeira vez em 1991. Passados 28 anos de mandato até os dias atuais, o atual presidente poderá ter direito a um benefício próximo do integral_equivalente a mais de 90%  da remuneração de parlamentar). Terá 12 meses para solicitar o benefício com direito à retroatividade.

Dos 142 deputados e ex-deputados que têm direito ao benefício, 58 não foram reeleitos ou sequer concorreram a um lugar na Câmara. No Senado, 26 dos não reeleitos estão aptos receber o benefício. Confira a matéria na íntegra no site do Estadão. 

Compartilhe:

1 / 8
1
53s
Operação Lava-Jato prende ex-presidente Michel Temer
Em mais uma etapa da Operação Lava-Jato, a Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, 21, o ex-presidente Michel Temer, …
2
02:53
Suzano e Nova Zelândia: os impactos da exposição excessiva
A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que o nome do atirador que matou 50 pessoas em uma mesquita em …
3
02:28
Posse de armas: Nova Zelândia dá exemplo de civilidade ao mundo
Após chocar o mundo nesta semana com o massacre de 50 pessoas em duas mesquitas de Christchurch, a Nova Zelândia …
4
03:10
Entenda o mistério por trás da boneca Momo
Ainda mais perturbador, o Desafio da Momo está de volta e desta vez a boneca aparece supostamente dentro de vídeos …
5
02:25
Bolsonaro apoia a construção de muro entre EUA e México
Em viagem diplomática a Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse apoiar a construção do muro na fronteira entre EUA e México, …
6
01:42
A nova decisão do STF e o futuro da Lava Jato
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a partir de então os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção quando …
7
02:31
Atentado na Nova Zelândia: crimes transmitidos nas redes sociais
Mais um atentado terrorista chocou o mundo nesta sexta-feira, dia 15. Um atirador realizou ataques simuntâneos em duas mesquitas, deixando …
8
01:45
O lugar em que os atiradores de Suzano foram considerados heróis
Uma reportagem publicada nesta terça-feira, 14, pelo portal da Vice indica que os atiradores que invadiram a Escola Estadual Raul …