Assassino de Rafael Miguel entra para a lista da Interpol

Há três meses foragido, empresário pode ter deixado o país

Por: Redação

Paulo Cupertino Matias continua foragido da justiça desde a acusação de assassinar Rafael Miguel e os pais do ator, João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel, em 9 de junho, em sua casa, no bairro de Pedreira, zona sul de São Paulo (SP).

Caso Rafael Miguel: tudo sobre o assassinato do ator de Chiquititas

O empresário, que atirou 13 vezes nas vítimas porque não aceitava o namoro de sua filha, Isabela Tibcherani Matias, com o famoso, agora está sendo procurado no exterior.

Paulo Cupertino Matias
Crédito: Divulgação/Polícia CivilPaulo Cupertino Matias é o principal suspeito pela morte de Rafael Miguel e seus pais

De acordo com o “G1”, foi pedida a inclusão do nome dele na lista de criminosos mais procurados do mundo, a Interpol. Existem até fotos dos possíveis disfarces que o homem procurado possa utilizar para não ser reconhecido.

A polícia trabalha com a hipótese de que Cupertino esteja recebendo ajuda de outras pessoas para não ser preso, já que sua única conta bancária foi bloqueada pela justiça.

Paulo já foi procurado em 60 endereços em seis estados, como São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Goiás e Mato Grosso do Sul.

A polícia pede a quem tiver informações sobre seu paradeiro para ligar 181, número do Disque-Denúncia. Não é preciso se identificar.

O caso está sendo apurado pelo 98º Distrito Policial (DP), no Jardim Miriam, que já ouviu os depoimentos de testemunhas, entre elas o de Isabela e o da mãe dela, Vanessa Tibcherani de Camargo.

Compartilhe: