Atriz grava agressões do marido com câmeras escondidas

Cristiane Machado relatou os casos ao Fantástico

Por: Redação | Comunicar erro
A atriz Cristiane Machado
Crédito: Reprodução / TV GloboA atriz Cristiane Machado participou de novelas da TV Globo

A atriz Cristiane Machado, que participou de novelas da TV Globo, gravou agressões que sofreu do marido, o ex-diplomata e empresário Sergio Schiller Thompson-Flores, em sua casa no Rio de Janeiro.

Reportagem do Fantástico neste domingo, 18, mostra as imagens de câmeras escondidas instaladas por ela no quarto do casal. Em uma das cenas, ele usa um fio de telefone para tentar enforcar a mulher. A vítima afirmou que teme ser morta.

De acordo com a reportagem, Cristiane e Sergio se conheceram em março do ano passado e se casaram no civil oito meses depois. A cerimônia no religioso ocorreu em abril deste ano.

A primeira agressão, segundo a atriz, aconteceu logo após o casamento civil. A vítima procurou a polícia antes mesmo do casamento religioso, e o homem foi preso em flagrante depois de bater nela e quebrar a casa. O empresário pagou fiança e ficou proibido de se aproximar dela, mas Cristiane decidiu perdoá-lo.

Cena da agressão do marido contra a atriz
Crédito: Reprodução / TV GloboA violência foi registrada pela atriz com câmeras escondidas

Em uma das cenas, Sergio tira os sapatos e dá uma surra na mulher. “A violência foi tanta, que ele pegou um fio de telefone grosso, de carregador, botou no meu pescoço e tentou me enforcar”, relatou a atriz. Ela foi à Delegacia da Mulher no dia seguinte.

Em nota, os advogados do acusado negam as agressões e consideram ilegal o mandado de prisão contra ele. Segundo eles, as acusações são motivadas por interesse financeiro e as imagens foram editadas.

Assista ao vídeo neste link.

Veja como denunciar a violência doméstica

No Brasil há um número específico para receber esse tipo de denúncia, 180, a Central de Atendimento à Mulher. O serviço funciona 24 horas por dia, todos os dias do ano e a ligação é gratuita. Há atendentes capacitados em questões de gênero, políticas públicas para as mulheres, nas orientações sobre o enfrentamento à violência e, principalmente, na forma de receber a denúncia e acolher as mulheres.

O Conselho Nacional de Justiça do Brasil recomenda ainda que as mulheres que sofram algum tipo de violência procurem uma delegacia, de preferência as Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAM), também chamadas de Delegacias da Mulher. Há também os serviços que funcionam em hospitais e universidades e que oferecem atendimento médico, assistência psicossocial e orientação jurídica.

A mulher que sofreu violência pode ainda procurar ajuda nas Defensorias Públicas e Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, nos Conselhos Estaduais dos Direitos das Mulheres e nos centros de referência de atendimento a mulheres.

Se for registrar a ocorrência na delegacia, é importante contar tudo em detalhes e levar testemunhas, se houver, ou indicar o nome e endereço delas. Se a mulher achar que a sua vida ou a de seus familiares (filhos, pais etc.) está em risco, ela pode também procurar ajuda em serviços que mantêm casas-abrigo, que são moradias em local secreto onde a mulher e os filhos podem ficar afastados do agressor.

1 / 8
1
02:09
Maioria reprova mudanças para o trânsito propostas por Bolsonaro
De acordo com uma pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo, dia 14, a maioria da população reprova o projeto de lei …
2
02:00
Jair Bolsonaro volta a defender filho Eduardo na embaixada nos EUA
Alvo de críticas desde a última semana por indicar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, …
3
04:13
Eduardo Bolsonaro ganha bolsa embaixada de seu pai
O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que pretende indicar seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, como embaixador do …
4
06:27
Previdência: entenda como pode ficar a sua aposentadoria
A Câmara dos Deputados aprovou com 379 votos o texto-base da reforma da Previdência. No entanto, a proposta ainda pode …
5
01:58
Desastre na Bahia: Barragem se rompe e moradores deixam suas casas
Uma barragem se rompeu na cidade de Pedro Alexandre, a 435 quilômetros de Salvador, na Bahia, na manhã desta quinta-feira, …
6
16:59
Glenn no Senado: confira os principais momentos do depoimento
O jornalista Glenn Greenwald, editor do portal The Intercept Brasil, foi ao Senado prestar esclarecimento sobre o vazamento das mensagens …
7
03:14
Dimenstein: Por que eu defendo a reforma da previdência?
A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 10, o texto principal da reforma da Previdência. O placar foi de 379 votos a …
8
03:22
Dimenstein: por que eu defendo Tabata Amaral?
Em meio à polêmica envolvendo a votação pela reforma da Previdência, que aconteceu nesta quarta-feira, 10, no plenário da Câmara, …