Barraco: ‘Ponha-se no seu lugar’, diz Joice a Eduardo Bolsonaro

"Eduardo, não admito nem te dou liberdade para falar assim comigo, ou escrever algo nesse tom", respondeu Hasselman a Eduardo Bolsonaro

Por: Redação

Segundo notícia divulgada pelo jornal O Globo, uma série de mensagens trocadas em um grupo de WhatsApp, com integrantes do do PSL, revelou um verdadeiro “barraco” entre o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e a deputada Joice Hasselman (PSL-SP) na última quinta-feira, 6.

Em meio à troca de farpas, em um dado momento a deputada deu um basta na situação. “Eduardo, não admito nem te dou liberdade para falar assim comigo, ou escrever algo nesse tom. Não te dei liberdade pessoal nenhuma, portanto, ponha-se no seu lugar”.

Isso porque a deputada sentiu-se ofendida quando o filho de Bolsonaro sugeriu que a correligionária chegaria ao Congresso com “com fama ainda maior de louca”. Acusação prontamente rebatida por Hasselman: “Minhas discussões aqui são políticas e não pessoais. Se formos discutir a questão ‘fama’ a coisa vai longe”, rebateu Joice, acusando o filho “agir como um bebê no jardim de infância”.

Em seguida, Eduardo rebate as mensagens de Joice em que ela diz tentar falar com o deputado, mas que ele “marca e some”. “Você não espera que eu vá correr atrás de você depois disso tudo que está acontecendo e ainda dando uma de sonsa aqui”, disse ele, que completou: “Joice, a sua fama já não é das melhores. A continuar assim, vai chegar com fama ainda maior de louca no Congresso”.

Foi quando Joice decretou o fim do “bate boca”, alegando que não havia dado liberdade pra ele. “No mais, falamos pessoalmente porque não vou alimentar essa molecagem. Isso aqui não é Jardim da infância em que marmanjo age como bebê. Vamos em frente. Vamos agir como adultos”, afirmou a deputada.

Panos quentes 

Para apaziguar o “climão”, outros integrantes do partido chamaram atenção para informações referentes à Cúpula Conservadora das Américas, evento promovido pela direita em que PSL comparecerá neste semana em Foz do Iguaçu (PR). Com informações do jornal O Globo. 

Compartilhe: