Últimas notícias:

Loading...

Campanha anti-racismo da BodyTech gera grande polêmica no Twitter

Uma campanha do ano passado foi revivida por falar de racismo estrutural,

Por: Redação

Uma campanha anti-racismo, publicada em novembro de 2021, nas redes sociais da academia BodyTech voltou a repercutir nesta segunda-feira, 7, no Twitter. A hashtag #BodyTechRacista ficou entre os assuntos mais comentados da rede social.

Crédito: Reprodução/TwitterCampanha anti-racismo da BodyTech gera grande polêmica no Twitter

A BodyTech fez uma peça publicitária  para o Dia Nacional da Consciência Negra, em novembro do ano passado, que defendia que o racismo não acontece apenas na atitude específica de alguém, mas que ele está enraizado na estrutura da sociedade brasileira.

“Todas as pessoas brancas reproduzem o racismo. A intenção aqui não é atacar ninguém pessoalmente. Reconhecer-se parte de uma estrutura racista é o 1º passo. Tome consciência e combata o racismo nas suas próprias atitudes e falas, mas também nas de pessoas ao redor”, dizia uma das imagens da campanha.

Mesmo lançada no ano passado, a campanha voltou a repercutir nesta segunda-feira e tirada do ar.

A Fundação Cultural Palmares divulgou uma nota repudiando e lamentando “profundamente” a campanha. Segundo o órgão, que é comandado por Sérgio Camargo, um bolsonarista que nega a estrutura racista na sociedade brasileira, publicou no Twitter: “Dividir os brasileiros e fomentar o ódio racial. Racismo é racismo, não importa a cor de quem está incentivando essa prática abominável”.

Sérgio Camargo, endossou o posicionamento no Twitter: “Sob a minha gestão, a Palmares sempre repudiará o racismo. Do branco e do preto”.

“E agora, #BodytechRacista como assunto mais comentado. Sim, afirmar que uma pessoa é racista apenas pela sua cor de pele é PURO RACISMO. Continuem contratando extremistas de esquerda para dar “consultoria” sobre “racismo estrutural” e colham os resultados”, escreveu um internauta.

Em nota, a Bodytech afirmou que a imagem compartilhada nas redes sociais nesta 2ª feira foi tirada de contexto, pois a campanha tem uma mensagem muito clara: “a luta antirracista é de todo mundo”.

“Em relação ao nosso post publicado no Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro do ano passado, que ganhou uma nova repercussão essa semana, a Bodytech esclarece:

A imagem é parte de uma sequência de um mesmo post que, isoladamente e fora do contexto, traz uma interpretação equivocada de uma mensagem muito clara: “A luta antirracista é de todo mundo”. O post em questão sintetizava uma ação no mês da consciência negra.

É lamentável que, após 2 meses do post original, tenha sido criada uma interpretação errada sobre os valores da empresa, distorcendo a mensagem. E tenha colocado em dúvida o posicionamento correto da companhia, seus acionistas, administradores e funcionários. 

A Bodytech é contra qualquer tipo de discriminação e, nos últimos anos, tem atuado na capacitação e conscientização quanto a importância da diversidade, equidade e inclusão.”

Compartilhe:

Tags: #Racismo
?>