Campanha ‘Calçada Cilada’ mapeia irregularidades em vias públicas

Com informações do Mobilize

Por: Redação

Percorrer as ruas de uma grande cidade brasileira é um desafio para quem gosta de aventura: buracos, degraus, postes errados, obstáculos de toda natureza, colocam à prova o bem-estar e vigor físico de milhões de pessoas todos os dias.

Em busca de melhores dias para os pedestres, foi lançada a campanha “Calçada Cilada“, idealizada pelo Instituto Corrida Amiga, com apoio de organizações parceiras. O objetivo da ação, que acontece durante todo o mês de abril, é mapear os problemas de calçadas, avenidas, ruas e praças que, muitas vezes, comprometem o vai e vem do dia a dia.

O objetivo da ação é mapear os problemas de calçadas, avenidas, ruas e praças no Brasil
O objetivo da ação é mapear os problemas de calçadas, avenidas, ruas e praças no Brasil

Para participar, o usuário pode recorrer a fotos e rápidas avaliações acerca da situação das vias públicas. A ideia é registrar o maior número possível de “ciladas” no aplicativo Colab, disponibilizado pelos organizadores da campanha.

Em pouco mais de duas semanas, a iniciativa já está com quase mil denúncias dos quatro cantos do Brasil. As “#ciladas” mais frequentes são calçadas estreitas, esburacadas, irregulares, com degraus e obstruídas.

O intuito é engajar a população em favor de cidades caminháveis e acessíveis, dando os meios para que as pessoas fiscalizem as calçadas com o aplicativo e a hashtag #Cilada.

  • Como participar
  1. Baixe o aplicativo Colab disponível gratuitamente para as plataformas Android e iOS e, no próprio aplicativo, cadastre-se;
  2. Vá em mais (+) -> fiscalize um problema;
  3. Selecione a categoria Pedestres e Ciclistas e a subcategoria correspondente, por ex. Calçada Irregular;
  4. Tire a foto da calçada cilada;
  5. Descreva o problema dessa calçada (MUITO importante: não se esqueça de colocar na descrição a hashtag #cilada);
  6. Confira o endereço da fiscalização e pronto, é só apertar em ‘publicar agora’. A cidade agradece!

*A campanha tem como parceiros as organizações: ANTP, Bike Anjo, Brasília para Pessoas, Mobilize Brasil, Pé de Igualdade, Soluções para Cidades/ ABCP, UCB e Colab. 

  • Leia também:

Compartilhe:

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …