CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Contas oficiais no Twitter para acompanhar a tensão entre EUA e Irã

Seis jornalistas especialistas em assuntos do Oriente Médio para você ficar a par de tudo o que está rolando por lá

Por: Redação

Se você também não quer perder nenhum novo acontecimento ou análise sobre a tensão que paira no ar entre EUA e Irã, uma saída é acompanhar algumas contas oficiais no Twitter.

É preciso deixar clara a importância de se seguir contas confiáveis, principaljornalmente as que são classificadas como “verificadas”, a fim de que não se compartilhem fake news pelas redes sociais.

Pensando nisso, a Catraca Livre fez uma lista com seis contas de jornalistas que estão no Twitter para você acompanhar e ficar a par do conflito que acontece no Oriente Médio. Confira:

guga chacra
Crédito: Reprodução/GloboNewsGuga Chacra, um dos comentaristas mais assíduos sobre a tensão EUA x Irã

Guga Chacra

Mestre em Relações Internacionais pela Columbia University, é comentarista da GloboNews, da TV Globo e da Rádio CBN em NY e colunista do Jornal O Globo.

Samy Adghirni

Repórter da Bloomberg na América Latina. Anteriormente correspondente da Folha de S.Paulo em Caracas e Teerã.

Lucas Rohan

Jornalista e professor. Doutorando em Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências de Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa. Mestre em Novas Mídias.

Diogo Bercito

Repórter brasileiro. Aluno na Universidade Georgetown. Foi correspondente da Folha de São Paulo e já escreveu para Piauí, Daily Star (Líbano) e Haaretz (Israel).

Patricia Campos Mello

Jornalista da Folha de S. Paulo. Vencedora do Prêmio Int’l de Liberdade de Imprensa 2019; Prêmios Rei da Espanha, Herzog, CICV e Petrobras.

Filipe Barini

Repórter de O Globo. Cobre Rússia, Irã e Coreia do Norte.


Histórico da tensão EUA x Irã

Na quinta-feira, 2 de janeiro, os EUA atacaram por drones um local perto do aeroporto de Bagdá, no Iraque, deixando morto o general iraniano Qasem Soleimani, o segundo nome mais poderoso do Irã. O ato aumentou ainda mais a tensão entre os países, chegando a ficar na iminência de uma Terceira Guerra Mundial.

A ordem do ataque foi dada pelo presidente Donald Trump, que culpa Soleimani pela morte de americanos e afirma que o ataque ao general se deu para “conter o terror” no país.

A partir de então, uma série de novos fatos aconteceram, inclusive o contra-ataque do Irã na noite de 7 de janeiro. Confira neste link uma cronologia dos acontecimentos, e também todas as últimas notícias que se sucederem sobre a tensão entre os países.

1
Witzel é alvo da PF; Zambelli antecipa operação em entrevista
A Polícia Federal iniciou nesta terça-feira, 26, a Operação Placebo, que apura desvios na Saúde do Rio de Janeiro nas …
2
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
3
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
4
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
5
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
6
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …
7
Guia Negro Entrevista: O que é ser um corpo negro no mundo?
Neste décimo e último episódio da terceira temporada do Guia Negro Entrevista, o programa revisita seu passado para apresentar um …
8
Vídeo da reunião de Bolsonaro com Moro pode incriminar o presidente? Entenda
E não é que a exibição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril citado pelo ex-ministro Sergio …