Últimas notícias:

Loading...

Eduardo Bolsonaro defende juíza que impediu aborto de menina estuprada

O deputado ainda elogiou a decisão escabrosa da magistrada e disse que ela estava certa

Por: Redação

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), saiu em defesa da juíza Joana Ribeiro Zimmer, de Santa Catarina, que impediu uma menina de 11 anos estuprada de fazer aborto legal.

Crédito: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados | Tribunal de Justiça de Santa Catarina/DivulgaçãoEduardo Bolsonaro defende juíza que impediu aborto de criança estuprada

“A juíza está certa”, disse o parlamentar que gosta de se mostrar como um “superconservador” nas redes sociais.

“E vale lembrar que quem primeiro impediu o aborto foi a equipe médica, Respeitem a ciência”, ainda debochou Eduardo Bolsonaro, que passou dois anos de pandemia defendendo medidas e ações sem qualquer amparo científico.

Por fim, o filho do presidente disse que o correto e “civilizado”, vindo de alguém que defende abertamente a pena de morte, tortura e o armamento da população, seria destinar o bebê fruto do estupro à adoção.

“Além disso pode ser entregue para adoção, o algo muito mais civilizado do que condená-lo a pena de morte sem ter culpa de bebê”, concluiu Eduardo.

Compartilhe:

?>