Embaixada brasileira em Beirute é atingida por explosão

Apesar de ficar distante do local da explosão, os vidros da embaixada foram todos destruídos; a casa de um dos diplomatas ficou danificada

Por: Redação

A embaixada brasileira em Beirute foi danificada pelas explosã que atingiu a região portuária da capital libanesa nesta terça-feira, 4. A residência de um dos diplomatas também ficou bastante danificada, segundo o jornalista Jamil Chade, colunista do UOL.

Beirute ao vivo: acompanhe a situação do Líbano após a explosão

Beirute
Crédito: Embassy of Brazil in BeirutFachada da embaixada do Brasil, em Beirute, no Líbano

Apesar de ficar distante do local da explosão, os vidros da embaixada foram todos destruídos. “Como a explosão ocorreu quando o expediente já tinha terminado, ninguém foi ferido. Um último funcionário tinha acabado de sair do local quando a explosão atingiu a sede da embaixada”, diz o jornalista.

“Todos os funcionários da embaixada estão bem e felizmente não há relatos de vítimas na comunidade brasileira que mora em Beirute”, disse Roberto Salone, encarregado de negócios da embaixada do Brasil, em entrevista ao site da revista Exame.

A embaixada do Brasil fica na região central de Beirute. Os funcionários devem avaliar, nas próximas horas, a extensão dos danos sofridos no prédio.

Explosão em Beirute

Ainda não se sabe o que causou a forte explosão que atingiu a região portuária da capital libanesa. O número de mortos e feridos é incerto.

O ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasan, afirmou a rede de TV LBC que há “muitos feridos” e que “o estrago é grande”.

A agência de notícias estatal libanesa NNA e duas fontes de segurança disseram que a explosão ocorreu no local onde ficam armazéns que abrigam explosivos e fogos de artifício, o que teria causado explosões maciças. Veja imagens mais abaixo.

Apesar do Líbano já ter sido alvo de ataques terroristas, em especial a capital Beirute, e viver período de instabilidade política, não há evidência ainda de que se trate de um atentado.

Compartilhe:

Tags:#Mundo