Embaixada holandesa da bike exporta mobilidade urbana para o mundo

“Embaixada” de ciclismo do país europeu ajuda governantes brasileiros a planejarem melhor a forma como as pessoas se locomovem pelas cidades brasileiras

Por: Redação | Comunicar erro

A Holanda foi, durante séculos, a grande potência mundial do comércio ultramarino. Exportou conhecimento mercantil e técnicas de exploração para diversos países. Hoje, o país oferece ao mundo algo diferente, algo que os holandeses sabem fazer muito bem: mobilidade urbana.

É para fazer isso que existe a “Embaixada Holandesa de Ciclismo” (“Dutch Cycling Embassy”, no original), uma rede público-privada de empresas, ONGs, institutos de pesquisa e governos que atua em várias partes do mundo.

felipe blumen
A intenção dos holandeses não é descarregar uma série de bicicletas aqui, mas sim ajudar a fazer governantes e cidadãos a entenderem como funcionam as cidades com boas opções de mobilidade.

A partir da década de 1970 a Holanda presenciou o surgimento de demandas populares contra a violência no trânsito, os engarrafamentos e a baixa qualidade de vida das crianças e adultos. Quarenta anos e inúmeras políticas públicas depois, o país tem 16 milhões de habitantes e 18 milhões de bicicletas.

A intenção da embaixada é usar a história e a experiência para ajudar outras cidades a fazerem o mesmo. Na prática, o grupo, que tem apoio do governo holandês, oferece consultoria para auxiliar na realização de pesquisas, planejamento, formulação de políticas, construção e campanhas de conscientização, entre outras atividades.

“O objetivo não pode ser chegar para as pessoas e proibi-las de usar carro”, diz Peter Van Tongeren, responsável pela rede no Brasil. “Tem que haver uma espécie de efeito espelho: a infraestrutura e as políticas públicas melhoram para atender a uma demanda de pessoas que começam a pensar mais na bicicleta como meio de transporte”.

Acessibilidade

Até o momento, a Dutch Cycling Embassy já realizou alguns encontros e workshops com a Prefeitura de São Paulo, com o Governo do Estado do Rio de Janeiro e com as administrações de São Carlos, no interior paulista, e Belém.

Segundo os holandeses, os governantes brasileiros já compreenderam a importância do planejamento de mobilidade. Agora, precisam ser ágeis. A Política Nacional de Mobilidade Urbana estabelece que, para receber recursos do governo federal, os municípios têm apenas até abril de 2015 para apresentar projetos de melhor convivência entre pessoas, espaços e modais de transporte.

“Nosso objetivo não é só vir aqui e descarregar um caminhão de bicicletas laranjas”, diz Wilma Mansveld, vice-ministra de Infraestrutura e Meio Ambiente dos Reino dos Países Baixos. “Mas sim divulgar outros conceitos. A cidade em que nasci é 100 vezes menor que São Paulo, mas isso não significa que aqui seja impossível cuidar da mobilidade. E, para isso, é preciso pensar também na acessibilidade a opções de emprego, educação e cultura e no relacionamento da população com o espaço em que ela vive.”

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …