Últimas notícias:

Loading...

Encontrada van que foi roubada com 70 gatos resgatados por ONG

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Na tarde de ontem,19, a polícia civil  localizou a van que havia sido roubada enquanto voltava de um resgate de 70 gatos na cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo.

O veículo foi carbonizado no meio de um matagal na Cidade Tiradentes, zona leste da capital. Os animais foram soltos nas proximidades de onde estava a van, segundo informa a polícia civil. Alguns foram encontrados vivos, porém muitos mortos, de acordo com postagens feitas nas redes sociais do vereador Esdras Andrade (Podemos) e do delegado e deputado estadual Bruno Lima (PSL) que atuam na causa animal.

O crime aconteceu enquanto que a van transportava os gatos resgatados de um imóvel em Guarulhos, região metropolitana, e os levavam para São José dos Campos. O motorista e o passageiro foram feitos reféns por cerca de três horas e depois abandonados em uma área de mata em Jacareí, também cidade do interior paulista.

Como denunciar maus-tratos contra animais

Ficar sem ação ao tomar conhecimento de um caso de maus-tratos contra animais é ser conivente com o crime. Nessas situações, não há outra saída a não ser denunciar. Pode ser um cachorro que vive acorrentado na casa vizinha, um pet shop que mantém animais em gaiolas minúsculas ou até um cavalo que é explorado até o seu limite na rua. Todas essas situações ou qualquer outra que configure maus-tratos devem ser levadas a conhecimento da polícia e de entidades ambientais.

A Lei Federal prevê prisão de três meses a um ano para quem pratica maus-tratos, além de multa. Em caso de morte do animal, a punição pode ser aumentada de um sexto a um terço.

E a lei vale para todos, segundo a advogada Mônica Grimaldi, especializada em legislação de animais e área pet. “Seja criador, protetor, médico-veterinário ou detentor de animal, qualquer dessas circunstâncias é considerada crime de maus-tratos, sim”. Se você ainda tem dúvidas, clique e veja o que é considerado maus-tratos.