CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Estupradora trans é acusada de abusar de mulheres na prisão

A história foi publicada em reportagem da BBC

Por: Redação
Crédito: Reprodução / FacebookA transgênero Karen White foi presa por acusações de estupros e outros crimes sexuais contra mulheres

Quando ainda se identificava como homem, a transgênero Karen White foi presa por acusações de estupros e outros crimes sexuais contra mulheres. Ao se declarar trans na cadeia, ela ganhou o direito de ser transferida para uma ala feminina, onde cumpriria o restante da pena.

No Reino Unido, o local de detenção deve corresponder ao gênero que os detentos expressam. A história foi publicada em reportagem da BBC.

No entanto, White foi acusada de ter aproveitado a proximidade com as presas com quem dividia a cela para assediá-las sexualmente poucos dias depois de ter chegado.

O histórico da presa foi desconsiderado em seu processo de transferência, o que trouxe à tona o debate sobre onde encarcerar mulheres trans com antecedentes de crimes sexuais praticados quando eram identificadas como homens.

Crimes sexuais

Antes de fazer a transição de gênero, Karen cumpriu um ano e meio de prisão em uma ala masculina por conduta obscena contra um menor.

Agora, a detenta estava respondendo por ter estuprado uma mulher em 2003 e outra em 2016, ano em que teria cometido o crime com a mesma pessoa duas vezes. No julgamento desses casos, ela admitiu que, na nova prisão, agrediu sexualmente duas das quatro detentas que a acusam de abusos.

Leia a reportagem na íntegra.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.