Feminicídio em SP: grávida de 8 meses é esfaqueada até a morte

Números de feminicídio na cidade de São Paulo cresceram assombrosamente no primeiro trimestre de 2019; Diana Pereira da Trindade é mais uma vítima

Por: Redação

Mais um caso de feminicídio em SP tem assustado as mulheres na capital paulistana. Diana Pereira da Trindade, de 24 anos, estava grávida de 8 meses quando foi esfaqueada até a morte por um homem. Seu corpo foi encontrado em um terreno baldio em Perus, Zona Norte de São Paulo, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP).

grávida esfaqueada
Crédito: Reprodução/G1Feminicídio em SP: grávida de 8 meses é esfaqueada até a morte

CASOS DE FEMINICÍDIO CRESCEM 76% EM SP NO 1º TRIMESTRE DE 2019

A Polícia Civil chegou a identificar o criminoso. Ele foi encontrado caído no meio de uma linha de trem após ter sido agredido. O assassino agora está na Santa Casa, onde permanece internado sob escolta policial.

SOS Mulher

O aplicativo SOS Mulher, criado neste ano, prioriza o atendimento às pessoas com medidas protetivas, deslocando as equipes policiais mais próximas ao local da ocorrência.

Compartilhe: