Site diz que filha acusa João de Deus de estupro, mas ela nega

Netos do médium já haviam entrado com processo anteriormente, mas o caso foi encerrado após acordo

Por: Redação
joão de deus
Crédito: Reprodução/TV GloboJoão de Deus negou as acusações por meio de sua assessoria

De acordo com apuração do site O Antagonista, uma das filhas do médium João de Deus tem uma ação contra ele na Justiça e pede reparação por danos morais sofridos por conta de estupro continuado. Ela pede indenização no valor de R$ 50 milhões.

Nos autos do processo, a filha de João de Deus o classifica como um homem bruto, cruel e violento. Segundo a reportagem, uma fonte do Ministério Público de Goiás afirma que a mulher foi estuprada quando ainda era menor de idade, o que classificaria o crime como estupro de vulnerável.

Apesar de a vítima só ter aberto processo neste ano, os filhos dela já haviam processado João de Deus anteriormente, e o caso havia sido encerrado após acordo.

FILHA NEGA

Em vídeo publicado na conta do Instagram de João de Deus, a filha negou as acusações feitas pelo site O Antagonista, e diz que se sente envergonhada com a atitude dos filhos em denunciá-lo.

“Quero declarar a todos que essa pessoinha que está aqui do lado nunca abusou sexualmente de mim, nunca deixou faltar nada para mim, nem para meus filhos, irmãos e sobrinhos. O que estão fazendo com ele é injustiça, tudo por causa de dinheiro. Eu peço desculpas ao meu pai, porque eu fico envergonhada com essa atitude dos meus filhos. Mas não é culpa deles, é do pai deles que está por trás disso e sempre foi muito ambicioso. Estou envergonhada pelo meu pai e por mim. Mas a verdade chega e virá à tona”, declarou a filha.

DENÚNCIAS CONTRA JOÃO DE DEUS

Após começarem a surgir denúncias de estupro contra o médium, o Ministério Público criou uma força tarefa para investigar os casos.

Segundo o órgão, nos últimos dias, mais de 200 mulheres afirmaram terem sido vítimas do acusado.

Compartilhe: