Filho de Presidente da Câmara do RJ é suspeito de agredir esposa

A mãe da vítima disse que o genro agrediu e ameaçou a filha com uma faca; Fotos da esposa com o rosto desconfigurado circularam nas redes sociais

Por: Redação

Fábio Tuffy Felippe, filho do presidente da Câmara de Vereadores do RJ, foi denunciado por agredir violentamente sua esposa, Christini Cardoso de França Felippe. Em depoimento à polícia, a mãe da vítima disse que ele teria ameaçado de morte sua filha com uma faca e também a agrediu com socos no rosto, chutes e empurrões, chegando a fraturar ossos da face. O crime teria ocorrido no último dia 21.

Christini foi levada para o Hospital Oeste D’Or por um casal de amigos e ficou internada por uma semana. Imagens de seu rosto desfigurado foram compartilhadas por parentes nas redes sociais.

Christini com o rosto desconfigurado após agressões do marido, Fábio Tuffy Felippe, filho do presidente da Câmara dos Vereadores do RJ
Crédito: Reprodução/Redes SociaisFotos do rosto de Christini após a agressão do marido foram publicadas por parentes nas redes sociais.

Foi sua mãe quem procurou a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), na zona oeste do RJ, para registrar a agressão. De acordo com O Globo, ela disse que a filha vinha sofrendo violência doméstica há anos, mas nunca tinha recorrido à polícia. O marido era uma pessoa ciumenta e possessiva.

Ainda segundo o jornal, as investigações apontam que o último ataque teria sido motivado pelo termino do relacionamento.  Foi nessa ocasião que Fábio a ameaçou de morte.

A Polícia Civil e o Ministério Público abriram pedido de prisão temporária do acusado, mas foi negado pela Justiça no último dia 29. A juíza Angélica dos Santos Costa avaliou que a questão não deveria ser analisada durante o plantão do Judiciário e que Fábio Felippe tinha que ser ouvido, o que não aconteceu antes da abertura do inquérito pelo MP.

Ele prestou depoimento à polícia na quarta-feira, 2, e negou ter agredido e ameaçado Christini. Também disse que só prestará depoimento mais detalhado à Justiça.