Garoto de 15 anos cria sistema que economiza até 80% de água

Por: Redação | Comunicar erro

O estudante Raphael Marra, de 15 anos, criou um sistema inovador de captação e reúso de água que pode trazer uma economia significativa em tempos de crise hídrica. “Normalmente as pessoas coletam a chuva e usam só para rega de plantas e limpeza. Mas por que não recolher de outras fontes e usar para outras coisas?”, questiona o garoto, que vive em São Paulo.

O projeto, de baixo custo, permite captar a água pluvial, da máquina de lavar, do chuveiro e de torneiras e torná-la potável. Depois de tratada, ela pode voltar para a caixa d´água e ser usada novamente no sistema hidráulico da casa. “Ela pode ser ‘recaptada’ e reutilizada mais vezes”, explica Raphael.

As quantidades dos equipamentos necessários variam de acordo com o tamanho do imóvel, mas é necessário um filtro de lã acrílica, resinas de troca iônica, lâmpada de ultravioleta, filtro de polipropileno, além de canos e reservatórios. O custo total aproximado dos materiais é de R$ 900.

Foto: Arquivo pessoal
Amostra de água resíduos e após o processo de filtração

“O sistema é totalmente livre, meu objetivo não é ganhar dinheiro. Quero apenas difundir uma tecnologia simples e ecológica que pode ajudar muito na crise hídrica que vivemos.”

Raphael conta que o interesse pelo tema não surgiu na escola: “Eu cultivava uma horta vertical de orgânicos e não queria usar a água da Sabesp porque tem muito cloro. Então fui pesquisando na internet até criar esse modelo.”

Imagem: Arquivo pessoal
a) Lã acrílica b) Lâmpada de ultravioleta c) Filtro de polipropileno d) União soldável

Segundo o desenvolvedor, esse sistema proporciona uma economia de até 80% no consumo total da casa uma vez que a água de reúso fica disponível novamente para consumo.

Se quiser saber mais sobre o projeto, basta enviar um email para gouveiamarra@gmail.com .

Compartilhe: