Globoplay lança série sobre os crimes sexuais de João de Deus

"Em nome de Deus" reúne relatos de vítimas e os bastidores da investigação; O primeiro capítulo será exibido na TV Globo na terça-feira à noite

Por: Redação

A TV Globo vai exibir na próxima terça-feira, 23, o primeiro episódio da série documental “Em nome de Deus”, que fala sobre os crimes sexuais cometidos pelo medium João Teixeira de Faria, mais conhecido como João de Deus, em seu centro de atendimento espiritual em Abadiânia, no interior de Goiás.

A série de seis capítulos vai mostrar os bastidores da investigação que começou com a denúncia feita pela coreógrafa holandesa Zahira Mous no programa “Conversa com Bial”, em dezembro de 2018. O caso desencadeou centenas de outra denuncias de mulheres que foram vítimas do medium no Brasil e no mundo desde a década de 70.

Crédito: ReproduçãoGloboplay lança série sobre os crimes sexuais cometidos pelo medium João de Deus

Ao longo dos capítulos, sete vítimas se encontram, inclusive uma das filhas de João de Deus, para falar sobre os abusos que o medium cometia durante os tratamentos espirituais e sobre o silencio de tantas mulheres que buscava nele a cura para os seus problemas. Até hoje a polícia recebe relatos de vítimas que passaram por essa situação na Casa Dom Inácio de Loyola.

João de Deus, de 78 anos, foi preso e condenado a mais de 40 anos de prisão pelo estupro de cinco mulheres, mas as denúncias relatos passam de centenas. Desde o dia 30 de março ele segue me prisão domiciliar por sua condição de saúde e pelo risco de contágio do novo coronavírus no sistema penitenciário.