Greve dos caminhoneiros diminui pela metade poluição de SP

Os dados são do Sistema de Informações de Qualidade do Ar, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb)

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Getty Images/iStockphotoA poluição é responsável por muitas mortes na cidade

A greve dos caminhoneiros, que teve início há 10 dias, trouxe impactos positivos para São Paulo. Segundo o Sistema de Informações de Qualidade do Ar, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a queda no tráfego reduziu pela metade a poluição na cidade.

De acordo com informações da Agência Brasil, o diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA-USP), Paulo Saldiva, revelou os dados durante o evento “Diálogos Interdisciplinares sobre Governança Ambiental da Macrometrópole paulista”.

“Houve uma redução de 50% da poluição na capital paulista. Esse é um episódio raro e vamos estudar suas consequências na saúde pública. Quem sabe, essas evidências quantitativas sirvam de argumento para a criação de políticas públicas”, afirmou Saldiva.

Poluição e qualidade do ar

Na tarde de segunda-feira, 28, quando os caminhoneiros ainda estavam paralisados, a qualidade do ar na capital paulista era considerada boa em todas as estações de medição e para todos os poluentes analisados, algo difícil de ser registrado.

No último dia 21, os caminhoneiros anunciaram a paralisação, bloqueando rodovias e impedindo o transporte de mercadorias e produtos. Como consequência, houve voos cancelados, supermercados não fizeram reposição de produtos, a frota de ônibus foi reduzida em todo o país, assim como postos de gasolina pararam de funcionar por falta de combustível. As ruas da cidade de São Paulo desengarrafaram.

Crédito: Tânia Rêgo/Agência BrasilParalisação dos caminhoneiros na Rodovia Presidente Dutra, no Rio de Janeiro

De acordo com a comparação dos dados diários medidos pela Cetesb, os índices de poluição aumentaram quando houve a liberação do rodízio na cidade, seguido de uma forte queda após a falta de combustível e a redução de carros e a frota de ônibus nas ruas.

A equipe de pesquisadores teve a oportunidade de medir a poluição de São Paulo em uma outra experiência rara: a greve dos metroviários em maio de 2017. Naquela época, no entanto, a poluição atmosférica dobrou.

A estimativa, desta vez, é que com a redução de carros e ônibus nas ruas, pelo menos seis mortes por dia serão evitadas na capital paulista. “Só teremos essa resposta mais para frente, com os cálculos prontos”, disse Saldiva.

Veja o conteúdo na íntegra.

  • Leia também:

1 / 8
1
02:23
Paulo Guedes diz que renunciará se Previdência virar ‘reforminha’
O ministro Paulo Guedes (Economia) voltou a afirmar que se houver uma mudança muito radical na proposta original da reforma …
2
03:08
XP: Avaliação negativa do governo supera a positiva pela 1ª vez
De acordo com pesquisa da XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira, dia 24, a avaliação negativa do governo do presidente Jair Bolsonaro …
3
01:35
Governo libera o uso de mais 31 agrotóxicos no campo
O Ministério da Agricultura liberou o uso de mais 31 agrotóxicos nas lavouras do país. Entre eles, há produtos que …
4
02:33
Foto de manifestantes nus contra Bolsonaro é falsa
A foto de uma suposta manifestação de pessoas peladas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  que viralizou nas redes …
5
01:37
Lobão rompe com Bolsonaro: “Esse cara não me representa”
Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o cantor e compositor Lobão falou sobre sua decepção com Jair Bolsonaro e …
6
01:33
Milícias digitais perseguem MBL após críticas a Bolsonaro
O MBL (Movimento Brasil Livre) deixou de ser aliado para se tornar o novo alvo das milícias digitais pró-Bolsonaro. O …
7
03:41
Manifestação releva descompasso entre o Bolsonaro e a direita
A manifestação marcada para o próximo domingo, dia 26, aparentemente, gerou um desequilíbrio entre os grupos de direita apoiadores do …
8
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …