Homem atraía desempregadas para ‘vaga’ de trabalho e as estuprava

Suspeito usava de um momento frágil e de necessidade das mulheres para cometer o crime; ele foi preso em Jundiaí, interior de São Paulo

Por: Redação

Um homem foi preso na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo, suspeito de estuprar mulheres desempregadas. Ele usava do momento de fragilidade e necessidade delas para atraí-las a uma vaga de emprego inexistente, e as estuprava.

Segundo a delegada Renata Yumi Ono, em entrevista ao G1, a prisão de Sérgio Alberto Monteiro foi feita em flagrante e convertida em preventiva.

SAIBA COMO AGIR CASO SEJA VÍTIMA DE ASSÉDIO SEXUAL OU ESTUPRO

“Ele usou a necessidade delas, que estavam entregando currículo e à procura de emprego para atraí-las até o local”, afirmou a delegada.

Imagens feitas por câmeras de segurança mostram o homem abordando as vítimas.

estupro
Crédito: ReproduçãoHomem atraía mulheres desempregadas para “vaga de trabalho” e as estuprava

O caso já estava sendo investigado há sete meses. Uma mulher procurou a Delegacia de Defesa da Mulher em outubro de 2018 e afirmou que estava no trabalho quando o desconhecido se aproximou e ofereceu um celular com preço baixo. A vítima o acompanhou até a Vila Ana, onde foi atacada em um terreno baldio.

A polícia conseguiu imagens de câmeras de seguranças para tentar identificar o criminoso. Porém, os vídeos não eram nítidos e a vítima, na ocasião, não teria conseguido identifica-lo.

Após ser localizado pela polícia, Sérgio confessou parte dos estupros e dos roubos, e foi preso.

Compartilhe: