Homem passa 13 horas em restaurante, gasta R$ 3 mil e sai sem pagar

O caso aconteceu no início de fevereiro e o homem já foi reconhecido por outros três donos de estabelecimentos da Baixada Santista

Por: Redação

Um restaurante de luxo no bairro Ponta da Praia, em Santos, no litoral de São Paulo, teve um prejuízo de R$ 3 mil, após um jovem de 26 anos consumir no local durante 13 horas e sair sem pagar.

O caso aconteceu no início de fevereiro e o homem já foi reconhecido por outros três donos de estabelecimentos da região, que registraram boletim de ocorrência. As informações são do G1.

Crédito: Reprodução/TV TribunaHomem de 26 anos se passou por jogador de futebol

A proprietária do restaurante, Milena da Silva Gonçalves Bento, de 34 anos, o homem chegou ao estabelecimento afirmando que era jogador de futebol em outro país. Pediu bebidas importadas, usou o celular de um garçom para contratar três garotas de programa e ainda garantiu que pagaria bebida para outras pessoas que estavam no local.

Ainda segundo a proprietária, tempo depois, o homem chamou a polícia alegando que a carteira dele tinha sumido dentro do restaurante. O jovem foi para a delegacia junto a outro homem e as três garotas de programa. Após prestar depoimento, ele foi liberado.

“Apesar de registrar a ocorrência e dele ter passado a noite lá, acabou sendo liberado sem pagar”, disse Milena.

O caso foi registrado no 7º DP de Santos.

Outros golpes

O homem também foi identificado em outros três estabelecimentos da da Baixada Santista aplicando o mesmo tipo de golpe.

O último teria ocorrido na madrugada da última segunda-feira, 24, em um bar Praia Grande.

De acordo com o dono do bar, Hugo Alexandre Ferreira, 38 anos, o suspeito agiu de forma parecida, mas no dia levou o motorista de aplicativo como companhia.

Compartilhe: