Igreja Universal é condenada pela Justiça a devolver doação de idoso

A instituição religiosa foi acusada de lavagem cerebral, induções a erro, coação e manipulação

Por: Redação

A Igreja Universal foi condenada pela 4ª ,Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul a devolver doação de R$ 19.980,00 de um casal de idosos, em Três Lagoas, no interior do estado.

igreja universal justiça doação idosos
Crédito: Reprodução/FacebookIgreja Universal é condenada pela Justiça a devolver doação de idoso

“Ao acordar da lavagem cerebral que o Pastor lhe fez e percebendo que tinha sido ludibriado, procurou a Igreja Ré para receber seu dinheiro de volta por diversas vezes, porém, todas foram infrutíferas, razão pela qual não lhe restou alternativa senão o ajuizamento da presente ação”, afirmou o advogado do casal, Eric Wanderbil de Oliveira, à revista ‘Fórum’.

Em 2016, Domingos de Deus Corrêa e Socorro dos Santos Corrêa, em busca de um milagre, venderam o carro por R$ 18.000,00 e somaram o valor integral da aposentadoria de Domingos, R$ 1980,00, e doaram para a instituição religiosa.

O milagre esperado pelo casal de idosos não aconteceu e por isso, eles tentaram recuperar o valor com a Igreja Universal, que não devolveu o dinheiro. Com isso, eles decidiram procurar a Justiça para reaver o valor e pediram uma indenização por danos morais.

A Igreja Universal disse que a doação dos idosos não os fizeram perder tudo por eles terem uma casa própria e ainda tentou barrar o direito do casal de procurarem seus direitos na Justiça de forma gratuita.

Ainda de acordo com o advogado Wanderbil, “o ministério da entidade Ré difunde a fé, a esperança, o amor a Cristo, o amor ao próximo, não condizendo com induções a erro, coação, manipulação, ou qualquer outra alegação que não se coaduna com o que prega”.

O rito processual correu na integralidade. A Igreja Universal chegou a recorrer da decisão, mas a Justiça manteve a decisão beneficiando o casal de idosos. O pedido por dano moral foi negado.

Compartilhe: