Internautas propõem boicote à Natura por propaganda com lésbicas

Por que a forma de amar dos outros incomoda tanto a ponto de pedirem o boicote de uma das maiores empresas nacionais?

Por: Maurício Thomaz

Um milhão de propagandas de Dia dos Namorados que mostram exclusivamente casais heterossexuais são exibidas anualmente na televisão e nas redes sociais. Mas quando uma marca resolve privilegiar outras formas de amor, os haters aproveitam para destilar o ódio anticristão que habita dentro deles.

Prova disso é a nova campanha de maquiagens da Natura. Pelo Instagram, a marca anunciou sua “Coleção do Amor”, dizendo que “no amor cabem todas as cores” e, por isso, tem sido vítima de um boicote fomentado por homofóbicos e transfóbicos nas redes sociais.

natura
Crédito: Reprodução/Instagram/@maquiagemnaturaPropaganda da Natura de Dia dos Namorados mostra duas mulheres se beijando

A campanha conta a história de amo de três casais: entre duas mulheres cisgêneros, entre uma drag queen e uma mulher cisgênero, e entre uma mulher transgênero e uma mulher cisgênero.

TE DESAFIAMOS A BOICOTAR ESTAS OUTRA SEIS EMPRESAS QUE ABRAÇAM A CAUSA LGBT

A peça publicitária passa longe da vulgaridade. Não mostra beijos escandalosos ou toques mais quentes. É apenas uma campanha sobre o amor entre duas pessoas que, quer você entenda, quer não entenda, existe e está aí todo lindo nas ruas do Brasil.

Frente a isso, haters levantaram a hashtag #BoicoteNatura nas redes sociais, disparando xingamentos e ofensas contra a marca e as modelos. Ainda, há quem diga que a marca não representa a família tradicional brasileira. A hashtag figura nos trending topics do Twitter.

SAIBA O QUE FAZER E A QUEM RECORRER EM CASO DE HOMOFOBIA

Posicionamento da Natura

Em nota oficial à Catraca Livre, a Natura afirmou que acredita no valor da diversidade. “Isso está expresso em nossas crenças há mais de vinte anos, em nossas campanhas publicitárias, projetos patrocinados e em nosso corpo de colaboradores. Com o lema ‘No amor cabem todas as cores’, a nova coleção de maquiagem FACES reforça o apoio da marca à causa LGBT+, incentivando o orgulho de ser quem é e amar quem quiser”, diz o comunicado.

Opinião

Não faz sentido pedirem para boicotar uma empresa nacional, considerada a única brasileira entre as 50 marcas de cosméticos mais valiosas do mundo (segundo o site Brand Finance), por ela atender a uma demanda que se mostra cada vez mais necessária: o respeito a todas as formas de amar.

Não podemos mais aceitar um mundo em que as nossas diferenças se sobressaia às nossas semelhanças, ou que nos divida a ponto de iniciarmos uma guerra. Heterossexuais, homossexuais, bissexuais, pansexuais, transexuais, o que quer que seja: é todo mundo humano, de carne e osso, pagador de imposto. É pai, é mãe, é filho, é filha.

Por que a forma de amar dos outros incomoda tanto a ponto de pedirem para boicotarem uma das maiores empresas nacionais? Talvez seja a hora de refletir e olhar para a sua própria vida, pois deve ter algo de muito infeliz nela para você se ofender com algo tão lindo quanto o amor.

AJUDE A CAUSA LGBT:

Compartilhe:

Por: Maurício Thomaz

Editor Executivo de Redação. Libriano com traços piscianos. Amante da praia e do concreto. Rolês no centro de São Paulo são os meus preferidos. Mas que tal falar de política e de futilidade num boteco com cerveja barata?!

1
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
2
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
3
Denúncia contra Glenn Greenwald é um ataque à liberdade de imprensa?
Uma denúncia realizada pelo Ministério Público Federal foi vista como um ataque direto à liberdade de imprensa no Brasil. O …
4
9 pontos polêmicos que Sergio Moro se esquivou no Roda Viva
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi o primeiro entrevistado da nova temporada do programa Roda Viva, …
5
‘Noivado’ de Regina Duarte com Bolsonaro divide opiniões
“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais …
6
A queda: entenda a polêmica que custou o cargo de Roberto Alvim
Após praticamente reproduzir um discurso do ministro nazista Joseph Goebbels, o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim, protagonizou uma polêmica que …
7
Impunidade de Victor não é caso isolado no Brasil de Bolsonaro
Victor Chavez, cantor sertanejo da extinta dupla Victor e Léo, foi condenado por agredir a esposa grávida de quatro meses …
8
Anarquia da ponte pra lá: a história do punk na periferia de SP
Autor do livro My Way, Valo Velho é história viva da cena anarcopunk de São Paulo. A Catraca Livre foi até …