Últimas notícias:

Loading...

Irmã de Rafael Miguel desabafa após prisão de Paulo Cupertino

'Justiça está longe de ser feita', disse Camilla Miguel, que perdeu o irmão, a mãe e o pai no crime cometido por Cupertino

Por: Redação

A irmã do ator Rafael Miguel, Camila Miguel, desabafou em suas redes sociais, após a prisão de Paulo Cupertino, que assassinou toda sua família. Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), aceita pela Justiça, tornando o empresário réu, ele atirou 13 vezes no artista de 22 anos,  e matou João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, em seguida.

Crédito: Reprodução/InstagramIrmã de Rafael Miguel desabafa após prisão de Paulo Cupertino

Caso Rafael Miguel: tudo sobre o assassinato do ator de Chiquititas

Após o crime, Cupertino ficou foragido por  quase três anos e foi parar na lista de criminosos mais perigosos de São Paulo.

“Estou sendo inundada de mensagens por aqui de muitos que há muito tempo se revoltam pela situação que destruiu nossa família. Destruiu nossos laços, segurança, confiança. Uma destruição para muito além da morte em si. Quero agradecer as mensagens principalmente por carregarem entusiasmo e alívio, e tentarem, pelo menos um pouco, transmitir isso para mim”, iniciou no Instagram.

“Porque eu não sinto isso, não sinto alívio, alegria, nada. Justiça está longe de ser feita, e mal sei o que vai acontecer daqui pra frente. Não crio expectativas, porque passei 3 anos me frustrando e tendo quase nenhuma notícia de nada. E eu não nada mesmo. Um vazio de sentimentos que não pende pra nenhum lado. No máximo sinto a eterna ansiedade e taquicardia de revisitar memórias e ver imagens que eu não gosto de ver”, continuou a irmã de Rafael Miguel.

Por fim, Camilla disse: “Estou em um dia bom, seguindo a estratégia que eu, junto do meu marido, me propus a seguir: muita coisa já foi destruída com isso, o que me resta eu vou fortalecer ao máximo. Eu quero ir longe, conquistar tudo o que eu quiser e puder para trazer conforto e segurança pros meus filhos e minha irmã enquanto ela precisar e quiser suporte. Quero ser eu, dançar, cantar, ir no show da banda que eu amo bem feliz, trabalhar (aliás, eu acabei de desligar meu computador, agora que fui respirar e entender o que aconteceu)”.

?>