Mãe dá uma lição em mulher que excluiu criança autista de festa

"Seu filho é meio problemático", justifica mulher para não convidar o menino Arthur

Por: Redação

Em um grupo de WhatsApp, mães conversavam sobre os uma festa de aniversário até que uma delas disse que não convidaria Arthur, uma criança autista. “Seu filho é meio problemático”, justificou a mulher.

Chocada com essa atitude, Sara Onori, 22 anos, mãe de Arthur decidiu postar a mensagem como forma de desabafo. Logo recebeu milhares de compartilhamentos e mensagens de apoio.

O discurso forte de Marcos Mion sobre autismo no aniversário do filho

“Eu não vou processá-la nem nada. Acho que só a repercussão que teve já é lição suficiente, o importante é que ela entenda o quanto sua atitude foi egoísta e melhore como pessoa”, disse Sara ao G1. Agora, a mãe do garoto apenas deseja que a dor que sentiu com o comentário da mulher sirva para sensibilizar outros pais para que conversem com os filhos sobre inclusão. “A gente pensa que isso só acontece com os outros, mas o preconceito é algo ainda muito forte para as pessoas diante do que não é considerado ‘normal’ para elas”, conclui.

Crédito: Arquivo PessoalMãe recebe mensagem de preconceito contra filho autista

Sara conta que a mulher era sua amiga, mas que nunca a apoiou desde que ficou sabendo das condições de Artur, diagnosticado com a condição há 3 meses. “Depois do que aconteceu eu fui lembrando das coisas e percebi que ela nunca me deu apoio, então, acho que já havia um preconceito aí”, fala.

Compartilhe: