Mallu Magalhães reclama de ‘preconceito com brancos’ e vira piada

Mallu soltou mais uma gafe, mostrando que, como especialista em racismo, é uma boa cantora

Por: Jonas Carvalho
Mallu Magalhães e algumas reações ao “racismo reverso” dela

A cantora Mallu Magalhães perdeu mais uma oportunidade de ficar calada durante participação no programa “Encontro com Fátima Bernardes” desta sexta-feira, 23.

Isso porque ela falou, em rede nacional e sem nem corar de vergonha, uma frase que sintetiza bem o pensamento das pessoas que acreditam em algo que simplesmente não existe: o racismo reverso.

“Essa musica é pra quem é preconceituoso e fala que branco não pode tocar samba”, disse ela ao cantar a música “Você não presta”, que contém diversos elementos racistas em seu clipe, segundo internautas comprovaram com fortes argumentos nas redes sociais.

Você pode conferir a cena no site Gshow.

Mallu cantou a música logo depois de falar sobre os apontamentos de racismo em seu clipe. Ela chegou a dizer que não tinha a intenção de ofender ninguém e que a repercussão foi um aprendizado.

Isso para, em seguida, mostrar que ela ainda tem muito o que aprender, segundo diversas reações na internet:

https://twitter.com/carolsciamana/status/878268793797181441

https://twitter.com/electriclvdy/status/878269438809833473

https://twitter.com/neocoly/status/878258556465819648

Apesar do “racismo reverso”, pesquisas mostram que a renda das pessoas negras é metade da dos brancos, os negros tem 2,5 vezes mais chances de morrer do que os brancos e que três a cada quatro pessoas pobres são negras, por exemplo.

  • Leia mais:

Compartilhe: