Menina de 11 anos engravida após ser estuprada pelo padrasto em MS

O rapaz, de 23 anos, foi preso e indiciado por estupro de vulnerável

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Uma menina, de 11 anos ficou grávida após ser estuprada pelo padrasto. O suspeito foi preso e, em depoimento à polícia, confessou o crime. A menina e a família moram em uma das aldeias indígenas de Amambai, no Sul de Mato Grosso do Sul.

O rapaz, de 23 anos, foi indiciado por estupro de vulnerável. As informações são do G1.

Crédito: Moreira Produções/DivulgaçãoGravidez foi constatada durante consulta médica, quando a criança contou que era abusada pelo padrasto

A gravidez de 25 semanas da menina de 11 anos foi descoberta durante uma consulta médica. Ela contou aos profissionais de saúde que era abusada pelo padrasto há mais de um ano, sempre que a mãe saía de casa e a deixava sob os cuidados dele.

A polícia e o Conselho Tutelar da cidade foram acionados. A mãe relatou que não tinha conhecimento da gravidez e não sabia do paradeiro do marido. Segundo ela, o suspeito havia sumido há alguns dias.

O caso começou a ser investigado, a polícia pediu a prisão do rapaz e o mandado foi expedido pela Justiça. Na última terça-feira, 1º, ele foi localizado e preso. “Ele não quis falar muito. Apenas confessou”, diz o delegado responsável pelo caso, Caio Macedo, ao G1.

Menina de 10 anos estuprada

No mês passado, outro caso de estupro de criança chocou o Brasil. Uma menina de 10 anos, estuprada pelo tio em São Mateus (ES), teve a gestão interrompida, com autorização da Justiça, após procedimento em um hospital de Recife (PE).

A garota passou pelo procedimento no Recife após o Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes, em Vitória (ES), se negar a realizar o aborto, mesmo com autorização judicial.

O caso da menina comoveu o humorista Whindersson Nunes, que se prontificou a custear a assistência psicológica necessária à criança.

“A Terra devia estar em paz com tantos Jesus nas redes sociais, tantos imaculados. Me preocupa o tanto de atrocidades que essa criança vai ouvir no decorrer da vida. Alguém da família entre em contato, quero ajudar com toda assistência psicológica até os 18 anos”, escreveu o humorista.

Como denunciar casos de abuso infantil e como orientar a criança

Casos como o desta menina de 10 anos, abusada pelo próprio tio, infelizmente não são raros no Brasil. O Disque 100 recebe milhares de denúncias por ano, mas sabemos que esses dados não estão nem perto da realidade, uma vez que ainda é difícil ter estatísticas que realmente abranjam o problema de forma real.

Isso se dá por inúmeros fatores como, por exemplo, pelo preconceito e pelo silêncio das vítimas (que às vezes não entendem o que está acontecendo com elas) e pela “vergonha” e falta de informação sobre o assunto de familiares.

Reconhecer os tipos de abusos e saber orientar as crianças é fundamental. Veja aqui como fazer isso.

Compartilhe: