CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Menina tenta se matar após ser dopada e estuprada por casal

Mãe disse que a vítima estava na casa de uma amiga da escola

Por: Redação

A mãe de uma menina de 14 anos revelou que a filha foi estuprada por Marcílio Maximino Pereira e Luciana Cristina, pais de uma amiga de escola da vítima, em São Vicente, litoral sul de São Paulo (SP).

A polícia informou que a vítima dormiu na casa da agressora, na última terça-feira, 24, após ter passado o dia estudando e brincando com as outras crianças. Luciana e o companheiro são suspeitos de terem combinado de dopar a adolescente, a estuprado e filmado o ato.

vítima de estupro
Crédito: Istock/jaminwellVítima foi abusada pelos pais de uma amiga da escola

“Estou chocada. Não esperava por isso. Conheço a Luciana há anos, nossas filhas são melhores amigas e o filho dela melhor amigo do meu menino, por isso confiava de deixar minha filha ir lá. Minha menina tentou se matar depois disso, não posso deixá-la sozinha”, declarou a genitora ao G1.

A jovem contou, em depoimento da polícia, que Luciana saiu para o supermercado e voltou com um refrigerante. Ela ofereceu a bebida para a vítima que, depois de beber, percebeu que havia algo errado e começou a se sentir ‘grogue’ e com as ‘pernas bambas’. Depois, a jovem ficou desacordada e foi estuprada por Marcílio. Ele admitiu que tinha comprado o medicamento utilizado para drogar a vítima e o casal assumiu o crime.

A prisão em flagrante de Marcílio foi convertida em prisão preventiva. Enquanto a Luciana foi concedida a liberdade provisória, com as medidas cautelares.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.