Milícias digitais atacam famosas que criticaram Bolsonaro

Famosas contra Bolsonaro recebem ataques nas redes sociais

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #News
Crédito: ReproduçãoAlinne Rosa, Daniela Mercury e Débora Secco são algumas das famosos que fortalecem a #MulheresContraOBolsonaro

Sasha, a filha de Xuxa, está sofrendo um ataque virtual porque disseminou a hashtag “#EleNão” – mas não está sozinha entre as famosas.

Celebridades como as cantoras baianas Daniela Mercury e Alinne Rosa, as atrizes Deborah Secco, Fernanda Paes Leme e Débora Falabella usaram a internet para publicar mensagens contra o candidato, ajudando a bombar mundial a hashtag “EleNão”, depois da invasão do grupo “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro”.

Logo seriam atacadas pelas milícias digitais, chamadas de “vagabundas”, “putas” e “esquerdopatas”. No caso de Deborah Secco foi comparada a Bruna Surfistinha – ela fez o papel da prostituta em filme.

View this post on Instagram

#elenão

A post shared by Daniela Mercury (@danielamercury) on

View this post on Instagram

#elenão ELE NÃO!

A post shared by Alinne Rosa (@alinne) on

No final de semana, as hashtags também conseguiram entrar no trending topics mundial.

Hackers atacam “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro”

Em meio aos ataques incessantes dos últimos dias, o grupo “Mulheres Unidas Contra Bolsonaro” foi devolvido às criadoras do levante coletivo criado na rede social.

No último sábado, 15, a página foi invadida por hackers que, após expulsar as idealizadoras do movimento, trocaram o nome para “Mulheres com Bolsonaro” e incluíram uma foto do presidenciável. Por conta das atividades suspeitas, foi retirado do ar temporariamente.

No inicio da tarde deste domingo, 16, porém, o Facebook anunciou o retorno das atividades do MUCB. “O grupo foi restaurado e devolvido às administradoras”. A partir de hoje será feita uma faxina para limpar os estragos feitos pelos invasores.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:52
Machismo em escolas de samba
Carolina Ribeiro, musa da Unidos de Vila Maria, na zona norte de São Paulo, é a convidada do programa Entrevista …
2
02:06
Como ajudar outras mulheres no Carnaval
O Carnaval chegou e para evitar que algumas coisas chatas e sérias estraguem a sua folia, separamos algumas dicas para …
3
00s
Quem foi Chico Mendes?
Chico Mendes nasceu em Xapuri, no Acre, em uma família de seringueiros, ofício que herdou de seu pai. Ao longo …
4
11:47
Não é Não: tatuagens contra o assédio no Carnaval
Luka Campos, idealizadora da campanha Não é Não, foi a convidada pelo programa Entrevista por Catraca Livre desta semana para …
5
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
6
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
7
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
8
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …