CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Moça denuncia policial que a estuprou dentro de delegacia

"Em um dos momentos, ele levou a minha mão até o pênis dele e falou: 'olha como está duro'. Fiquei assustada", conta a jovem

Por: Redação

Ao chegar na delegacia para notificar que havia encontrado o celular que estava perdido, uma mulher de 23 anos foi intimidade pelo policial. O caso aconteceu no Guarujá, litoral de São Paulo (SP), a jovem havia feito o Boletim de Ocorrência (B.O) para conseguir bloquear o aparelho, pois pensava que havia sido furtado durante uma festa, porém ela achou o telefone e precisou voltar para dar baixa no B.O.

Segundo a moça relata em entrevista ao G1, o policial pediu para ela desbloquear a tela, pegando o aparelho e indo para outra sala. Após um tempo, ele retornou e falou para ela o acompanhar. Os dois entraram na sala, foi quando o policial disse que havia olhado as fotos intimas dela.

“Ele olhou algo pessoal sem a minha permissão. Me mostrou que olhou e começou a perguntar se eu aguentava ele, se eu queria prová-lo, fez eu passar a mão nele, isso tudo dentro da delegacia e eu fiquei sem reação”, contou. “Em um dos momentos, ele levou a minha mão até o pênis dele e falou: ‘olha como está duro’. Fiquei assustada e quando consegui pegar o celular e sair, ele ainda passou a mão em mim”, desabafa.

A mulher foi embora chorando, quando encontrou uma amiga que a convenceu voltar e denunciar o ocorrido. “Foi quando voltei e registrei um boletim sobre o caso. Após dois meses ele me retornou afirmando que o caso era sério e enviaria à Corregedoria. Mas o caso foi silenciado. Até que, mês passado, depois de eu tanto insistir, eles verificaram e me comunicaram da primeira audiência. Acho que estavam tentando abafar o caso”, relata. Agora o caso sendo investigado pela Corregedoria da Polícia Civil.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.