Modelo salva mãe e filha espancadas por motorista de aplicativo

Homens disseram que não fizeram nada porque imaginavam ser briga de "marido e mulher"

Crédito: Reprodução/Youtube e InstagramJully Oliveira imobiliza motorista de aplicativo que agredia duas mulheres

A modelo e blogueira fitness, Jully Oliveira interrompeu a agressão de duas mulheres, mãe e filha, ao imobilizar um motorista de aplicativo que as chutava e socava durante uma corrida.

O caso aconteceu na terça-feira (12), e foi relatado nas redes sociais da blogueira.

Segundo Jully Oliveira, o motorista espancava a duas porque a mãe estava passando mal e queria vomitar. O motorista de aplicativo, então, ameaçou encerrar a viagem no meio do trajeto porque não queria sujar o carro, o que foi rejeitado por mãe e filha. “Ambas estavam sem bateria para pedir outro e era perigoso o local”, relatou Jully em seu Instagram.

“Quando a gente passa e vê uma mulher ser espancada, bicuda, soco na boca. Não era tapinha. Coisa pesada mesmo, muito pesada. Falei: ‘para o carro agora’, na hora. Estava numa avenida e não dava para dar ré”, conta a modelo. “Então eu desci do carro e fui correndo ao encontro do carro que estava parado na avenida para resgatar a mulher… Chegando lá ele entrou no carro e largou a senhora no chão (ela não conseguia andar) e então carreguei ela no colo e sai correndo com ela nos meus braços e ela gritava e chorava ‘minha filha está dentro do carro’. Adrenalina era tão grande que eu nem sentia o peso dela”, afirma Jully.

A modelo deixou a senhora com seu companheiro e encontrou a mulher mais nova sendo agredida. “Chegando lá, não pensei duas vezes e golpeei ele com um soco no maxilar. Imobilizei ele, peguei num mata-leão, quando vi que ele estava quase apagando, virei e amarrei com cadarço dele. Quiseram me bater ainda porque achavam que estava judiando dele”, relata.

Jully ficou chocada por ver que nenhum dos 15 homens presentes reagiram antes dela. “O engraçado é que tinha tanta gente lá e ninguém fazia nada. A galera parava o carro para assistir. Que mundo a gente vive que não se importam?”.

“Briga de marido e mulher se mete a colher sim, o braço, o joelho, o que for preciso… Ele bateu em duas mulheres por ser machão e uma sozinha derrubou, humanidade, por favor”, finalizou a atriz criticando a desculpa dada por vários dos homens que só ficaram lá assistindo a agressão.

Compartilhe:

1 / 8
1
20:44
São Paulo, capital da Cultura | Entrevista por Catraca Livre
Atuando como Secretário Municipal de Cultura em São Paulo desde janeiro desse ano, Alê Youssef ainda está no começo da …
2
07:26
STF e o limite da liberdade de expressão
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, anunciou em março a abertura de um inquérito para investigar casos …
3
01:03
Ex-presidente do Peru tenta suicídio após receber ordem de prisão
O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta quarta-feira,17, após atirar contra si mesmo em uma tentativa de suicídio em …
4
04:45
Famosos fazem desabafo sobre depressão
Recentemente, o humorista Whindersson Nunes publicou uma série de posts em sua rede social desabafando sobre um sentimento profundo de …
5
01:32
Quem disse que não dá para surfar na cidade?
A Surf House Brasil é o lugar perfeito para você quer aprender a surfar ou ficou com saudade de pegar …
6
01:45
Catedral de Notre Dame: 8 séculos de história queimam em Paris
Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris. O local é um dos pontos turísticos …
7
02:29
Vídeo analisa a maior irresponsabilidade na vida de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro mandou desativar os radares de rodovias federais. Será que é uma boa ideia? A Folha de São …
8
05:43
Entenda a proposta de Bolsonaro para a educação domiciliar
O presidente Jair Bolsonaro assinou o projeto de lei que pretende regulamentar a educação domiciliar no país. Se aprovada pelo …