Modelo salva mãe e filha espancadas por motorista de aplicativo

Homens disseram que não fizeram nada porque imaginavam ser briga de "marido e mulher"

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Reprodução/Youtube e InstagramJully Oliveira imobiliza motorista de aplicativo que agredia duas mulheres

A modelo e blogueira fitness, Jully Oliveira interrompeu a agressão de duas mulheres, mãe e filha, ao imobilizar um motorista de aplicativo que as chutava e socava durante uma corrida.

O caso aconteceu na terça-feira (12), e foi relatado nas redes sociais da blogueira.

Segundo Jully Oliveira, o motorista espancava a duas porque a mãe estava passando mal e queria vomitar. O motorista de aplicativo, então, ameaçou encerrar a viagem no meio do trajeto porque não queria sujar o carro, o que foi rejeitado por mãe e filha. “Ambas estavam sem bateria para pedir outro e era perigoso o local”, relatou Jully em seu Instagram.

“Quando a gente passa e vê uma mulher ser espancada, bicuda, soco na boca. Não era tapinha. Coisa pesada mesmo, muito pesada. Falei: ‘para o carro agora’, na hora. Estava numa avenida e não dava para dar ré”, conta a modelo. “Então eu desci do carro e fui correndo ao encontro do carro que estava parado na avenida para resgatar a mulher… Chegando lá ele entrou no carro e largou a senhora no chão (ela não conseguia andar) e então carreguei ela no colo e sai correndo com ela nos meus braços e ela gritava e chorava ‘minha filha está dentro do carro’. Adrenalina era tão grande que eu nem sentia o peso dela”, afirma Jully.

A modelo deixou a senhora com seu companheiro e encontrou a mulher mais nova sendo agredida. “Chegando lá, não pensei duas vezes e golpeei ele com um soco no maxilar. Imobilizei ele, peguei num mata-leão, quando vi que ele estava quase apagando, virei e amarrei com cadarço dele. Quiseram me bater ainda porque achavam que estava judiando dele”, relata.

Jully ficou chocada por ver que nenhum dos 15 homens presentes reagiram antes dela. “O engraçado é que tinha tanta gente lá e ninguém fazia nada. A galera parava o carro para assistir. Que mundo a gente vive que não se importam?”.

“Briga de marido e mulher se mete a colher sim, o braço, o joelho, o que for preciso… Ele bateu em duas mulheres por ser machão e uma sozinha derrubou, humanidade, por favor”, finalizou a atriz criticando a desculpa dada por vários dos homens que só ficaram lá assistindo a agressão.

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …