Mulher diz ter sido estuprada por João de Deus aos 11 anos

Vítima afirmou que foi abusada pelo menos dez vezes

Por: Redação
joão de deus estuprar
Crédito: Reprodução/TV GloboJoão de Deus é acusado de estuprar dezenas de fieis desde a década de 80

Mais uma mulher veio a público acusar João de Deus de abuso sexual, após as primeiras denúncias que surgiram na última sexta-feira, 7, no “Conversa com Bial”, da Globo.

A vítima, que é de Minas Gerais, afirmou que foi violentada pelo médium pelo menos dez vezes quando tinha apenas 11 anos de idade.

“Ele pediu para eu colocar a mão para trás e eu senti uma coisa estranha e comecei a chorar e disse: ‘O que é isso?’. Ele falou: ‘É o que vai te curar’. Aí, ele veio na minha frente e fez o que fez comigo. Tudo o que você pode imaginar”, disse ela, hoje com 41 anos, ao jornal “O Globo”.

A moça disse ainda que também foi agredida psicologicamente. De acordo com ela, João de Deus disse: “Fica de costas, fecha os olhos e não abra em hipótese alguma. Se você abrir, vai ficar cega, porque a luz é muito forte”. “Eu falava o tempo todo: ‘Quero a minha mãe. Tá doendo’. E ele dizia: ‘Fica quieta, senão eu mato a sua família”, revelou.

Uma outra mulher, da cidade de São Paulo, conta que sofreu abusos aos 15 anos, depois que foi diagnosticada com depressão. “Não falei com ninguém porque achava que ninguém iria acreditar em mim, porque ele é muito poderoso”, lamentou.

Em nota, a assessoria de imprensa de João de Deus afirmou que “rechaça veementemente qualquer prática imprópria em seus atendimentos”: “Há 44 anos, João de Deus atende milhares de pessoas em Abadiânia, praticando o bem por meio de tratamentos espirituais. Apesar de não ter sido informado dos detalhes da reportagem, ele rechaça veementemente qualquer prática imprópria em seus atendimentos”.