Nick Carter, do Backstreet Boys, é acusado de estupro

O relato do ato sexual é triste e perturbador

Por: Redação | Comunicar erro
Nick Carter é integrante do Backstreet Boys

A cantora norte-americana Melissa Schuman acusou Nick Carter, do grupo Backstreet Boys, de estupro.

Veja também:

Utilizando o seu blog pessoal, ela relatou ter sido violentada em 2002, aos 18 anos, Na época, Carter tinha 22.

“Vou compartilhar algo que quis fingir que nunca aconteceu desde que tinha 18 anos. Um fardo que pensei que teria que levar durante o resto da minha vida e sofrer em silêncio”, relatou em seu desabafo.

Ela explica que conheceu o cantor e o achou simpático e carismático.

Um dia encontrou-o ao lado de amigos em comum em um apartamento em Santa Mônica, na Califórnia. No local, começaram a se beijar.

A cantora Melissa Schuman

Por conta de sua religião, Melissa disse que não quis seguir em frente e que pretendia se casar virgem. “Ele estava ciente de que eu era virgem e seguia os valores religiosos cristãos conservadores”, afirma no relato.

Por fim, ela prossegue sobre o estupro, dizendo que ele tirou as calças dela e praticou sexo oral. Depois, ele tirou as próprias calças e pediu que ela também fizesse sexo oral nele.

Melissa negou, mas acabou cedendo após Carter ficar com raiva e forçar a relação.

Importante:

O ato ainda teve penetração, quando Carter se jogou com ela na cama e praticou sexo mesmo com ela dizendo que só queria ter relações com seu futuro marido.

No desabafo, ela conta que o cantor ainda falava: “Eu poderia ser seu marido”.

Após o ato, a cantora procurou orientações para divulgar o crime, mas foi orientada a não se meter com Carter, que tinha um poderoso advogado tomando conta de seus negócios.

Melissa também divulgou o link para seu desabafo no Twitter:

Em uma nota à revista “People”, Nick Carter nega as acusações da cantora. “Eu estou chocado e triste com as acusações da Sra. Schuman. Melissa nunca expressou para mim enquanto nós estávamos juntos ou em qualquer momento após aquilo que qualquer coisa que fizemos não foi consensual”, diz ele na nota.

“Nós acabamos gravando uma música e nos apresentando juntos, e eu sempre fui respeitoso e apoiei Melissa tanto pessoalmente como profissionalmente. É a primeira vez que ouço sobre essas acusações, quase duas décadas depois. É contra a minha natureza e a tudo o que eu mais prezo causar desconforto e dor intencionalmente a alguém”, continua ele na declaração.

Leia mais:

Compartilhe:

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …