Nike se diz preocupada com caso de estupro envolvendo Neymar

"Estamos profundamente preocupados com essas acusações e seguimos acompanhando de perto a situação", posicionou-se a marca

Por: Redação

A Nike, uma das principais patrocinadoras de Neymar, se diz preocupada com as acusações de estupro envolvendo o atacante.

“Estamos profundamente preocupados com essas acusações e seguimos acompanhando de perto a situação”, posicionou-se a marca por meio de nota enviada pela assessoria de imprensa, nesta segunda-feira, 3.

Crédito: Reprodução/InstagramNike se posiciona sobre acusações de estupro contra Neymar

Esta é uma repetição de como a Nike tratou suspeita semelhante envolvendo Cristiano Ronaldo, acusado por estupro nos Estados Unidos, no ano passado. Na época, o posicionamento tinha as mesmas palavras: “profundamente preocupados e continuaremos monitorando de perto a situação”. Mas apesar da polêmica, o contrato com o jogador português foi mantido. Cristiano é investigado, mas até hoje não saiu uma decisão conclusiva da Justiça americana.

Denúncia

Neymar Jr. foi acusado de estupro por uma mulher, que registrou boletim de ocorrência contra o jogador na última sexta-feira, 31, em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo (SP). Segundo a denúncia, o crime teria ocorrido no dia 15 de maio, em Paris (França), onde o atleta mora.

Os dois teriam se conhecido pelo Instagram e combinaram de se encontrar na capital francesa. Um assessor de Neymar teria feito a compra das passagens e a reserva no hotel Sofitel Paris do Arco do Triunfo, onde teria acontecido o caso de estupro.

Neymar nega as acusações, mas o portal UOL teve acesso a documentos, entregues pela vítima à polícia, comprovando o violência. De acordo com a reportagem, a brasileira relatou que o jogador chegou ao local, visivelmente embriagado, e agiu de forma agressiva antes do suposto crime. O laudo médico no corpo dela apontou hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de estresse pós-traumático em seu corpo. Os exames foram feitos seis dias depois do suposto encontro.

Depoimento

Neymar foi chamado para depor porque expôs fotos e conversa com a moça, na tentativa de se defender. A exposição pode ser enquadrada como crime virtual. Apesar de publicado, o atacante apagou o vídeo posteriormente.

O atacante foi intimado a depor na próxima sexta-feira, 7. A data do depoimento entra em conflito com a programação da Seleção Brasileira. Na sexta-feira, a equipe estará em Porto Alegre, para o amistoso do final de semana contra Honduras.

Os advogados pretendem alterar a data do depoimento de Neymar, mas também existe a possibilidade dele depor em Porto Alegre.

Compartilhe: