Gagliasso se diz mais consciente sobre racismo e homofobia

Informar

‘Nunca fez questão de cumprir os deveres de pai’, diz ex de Frota

“Não parece ter muita coerência defender a família e rejeitar o próprio filho publicamente", afirma Samantha Gondim

Por: Redação | Comunicar erro
Samantha Gondim Alexandre Frota
Crédito: Reprodução/InstagramSamantha Gondim, ex de Alexandre Frota, processa o pai de seu filho

Eleito deputado estadual pelo PSL em São Paulo, com o slogan de defesa da família, Alexandre Frota enfrenta acusações do filho, Mayã, e da mãe do garoto, Samantha Gondim. Em entrevista ao jornal Extra, Samantha contou que o ex-ator nunca fez questão de cumprir com seus deveres de pai.

“Não parece ter muita coerência defender a família e rejeitar o próprio filho publicamente durante anos. Defende a mulher, mas insiste em tentar me diminuir ou banalizar o nascimento do até então único filho”, disse ela ao Extra se referindo à declaração de Frota sobre o filho ser apenas fruto de uma transa.

A relação conturbada entre Alexandre Frota, seu filho e Samantha veio a público na última segunda-feira, 8, quando o jovem de 19 anos lamentou, nas redes sociais, a vitória do pai como deputado estadual.

mayã
Crédito: arquivo pessoalMayã Frota critica o pai nas redes sociais

Alexandre Frota foi apontado pelo filho como “ex-ator pornô e ex-viciado em cocaína”, acusado de não pagar a pensão alimentícia. “Eu sou filho de um ex-ator pornô, ex-viciado em cocaína, que defende a família, mas queria me abortar. Como ele virou atual deputado federal de São Paulo, não sei”, postou Mayã em suas redes sociais.

Ao jornal Extra, Samantha se disse surpresa com a atitude do filho e, apesar de não concordar com a atitude, não o reprova por entender seus motivos. “Mayã, como a maioria dos jovens tem o costume de fazer, usou sua rede social para desabafar, colocar para fora algo que estava no coração dele. Se tivesse a intenção deliberada de prejudicar seu pai, teria feito durante o período eleitoral, antes do resultado das urnas”, afirma.

Samantha também afirma que o filho não é fruto de uma única transa como o Alexandre alega. “Mas ainda que fosse, que diferença faria? Seria menos filho? Mereceria sofrer linchamento moral incitado pelo próprio pai por toda sua vida? Alexandre e eu vivemos um relacionamento, sim”, afirma.

De acordo com ela, o relacionamento dos dois terminou quando ela descobriu a gravidez. “Não é novidade para ninguém que Alexandre não queria ter o filho e deixou claro que quanto a decisão de levar adiante a gravidez foi só minha”. De fato ele registrou o filho, mas nunca fez questão de cumprir com seus deveres de pai. Ajudava esporadicamente, e de forma não habitual. Foi então que eu precisei ir à Justiça para garantir a manutenção do meu filho. Mayã nasceu e eu tinha apenas 17 anos. Precisava terminar os estudos, cuidar dele”, conta.

Prisão por falta de pagamento de pensão

Alexandre Frota pode ter o pedido de prisão pleiteado na próxima segunda-feira, 15, pela dívida de pensão alimentícia, que chega a quase R$ 60 mil. Frota não podia ser preso durante o período que antecedeu a eleição. Ele ainda não tem direito a foro privilegiado, pois só exercerá o cargo de parlamentar a partir do dia 1º de janeiro.

Alexandre Frota tem nome negativado e Justiça pedirá sua prisão

Compartilhe: