OMS decreta pandemia mundial por coronavírus

O vírus já chegou a 110 países e mais de 118 mil pessoas já o contraíram

Por: Redação

Nesta quarta-feira, 11, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, decretou como uma pandemia mundial a situação do novo coronavírus. Embora a nova doença tenha atingido mais de 110 países, a entidade estava resistindo a caracterizar a disseminação da Covid-19 dessa forma há semanas.

Tem viagem marcada? Veja orientações das companhias aéreas

coronavírus
Crédito: IStock/XiFotosOMS decreta pandemia mundial por coronavírus

“A descrição da situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS da ameaça representada por esse vírus. Isso não muda o que a OMS está fazendo, nem o que os países devem fazer “, afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Ao todo, 118 mil pessoas já contraíram o coronavírus ao redor do mundo, e mais de 4.300 mortes foram registradas — a maioria na China e na Itália, os dois principais epicentros da Covid-19 no mundo.

Quais os sintomas e tudo o que se sabe até agora sobre o coronavírus

O Covid-19 foi descoberto em dezembro de 2019, quando apareceram os primeiros casos na cidade de Wuhan, província de Hubei, na China. No início, muitos dos pacientes infectados tinham alguma ligação com um grande mercado de frutos do mar e animais vivos da cidade chinesa. Mais tarde, um número crescente de pacientes que não tiveram exposição a mercados de animais também foram diagnosticados, indicando a disseminação de pessoa para pessoa.

O novo coronavírus faz parte de uma ampla família de vírus que pode causar desde um resfriado comum até problemas respiratórios que levam à morte.

De acordo com a infectologista Thaís Guimarães, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP), a incubação do Covid-19 varia entre um e 14 dias. Isso significa que, durante esse período, pessoas infectadas podem não apresentar sintomas e sequer saber que carregam o vírus. “A maior transmissibilidade acontece quando o indivíduo começa a apresentar os primeiros sintomas, que incluem a febre”, explica a médica.

Acesse o link e confira tudo sobre os sintomas, as causas e os tratamentos.